23 de jul de 2017

Avenida Brasil x Duque de Caxias - 1951


Registro da esquina da avenida Brasil com a avenida Duque de Caxias, em 1951.

Dada a movimentação de pessoas e ao comércio varejista estar fechado é provável que a grande concentração seja resultado de alguma atividade cívica ou comemorativa. Provavelmente, o público aguardava pelo tradicional desfile alusivo ao aniversário de Maringá.

À direita é possível identificar diversos estabelecimentos situados entre a avenida Duque de Caxias e a então rua General Câmara (atual Basílio Sautchuk): Casas Pernambucanas, A Cearense, Bar Central, Bazar OK, entre outros.

Fonte: Museu Unicesumar / Acervo Maringá Histórica. 

Bazar Rodoviário - 1964


Localizado na Estação Rodoviária Municipal (nomeada em 1983 de Américo Dias Ferraz) e de propriedade de Seikou Kohatsu, o Bazar Rodoviário estava instalado na loja 12-A e comercializava roupas feitas sob encomenda, malas, bolsas femininas, artigos para presentes e diversos outros itens. 

No detalhe da parede externa do equipamento público é possível identificar as pastilhas que marcaram época para os viajantes e passantes que transitaram pelo local.


Fonte: Anuário Maringá 1964, Ano 2, nº 2 / Acervo Maringá Histórica. 

Cine Maringá - 1953


De propriedade de Odwaldo Bueno Netto, o Cine Maringá foi inaugurado oficialmente em nova estrutura, na então avenida Ipiranga (atual Getúlio Vargas), em maio de 1953. Anteriormente, o estabelecimento funcionou na avenida Brasil, em frente da então praça da Rodoviária (hoje, Napoleão Moreira da Silva). 

Sob as lentes de Kenji Ueta, o registro parece indicar ter sido feito no final daquele mesmo ano. 

Fonte: Foto Maringá / Foto - Kenji Ueta / Acervo Maringá Histórica. 

Shopping Avenida Center - 1989

No final dos anos 1980, um grupo de jovens investidores vislumbrou na aquisição de um grande barracão a oportunidade para inovar o comércio varejista de Maringá. Os empreendedores Adelino, Braga, Sforni e Domingos Bertoncello, proprietários da Ingá Empreendimentos Imobiliários, foram responsáveis pelo loteamento de diversos bairros da cidade, além da construção de edificações, inclusive, em outros estados. 

O espaço selecionado para a implantação de um shopping center foi o antigo Centro de Abastecimento de Maringá e Região (Ceamar), que havia sido criado em 1971 para preencher a lacuna existente no ramo de gêneros alimentícios. Localizado na confluência das avenidas São Paulo com a Mauá, a partir de 1975 o espaço foi ocupado pelo Horto Mercado, que era mantido pela Cobal/Ceasa. 

Com o desenvolvimento do município, a região central passou a não comportar o movimento do tráfego pesado de caminhões. Em 15 de agosto de 1987, o Mercado Atacadista de Maringá foi inaugurado na saída para Campo Mourão. Local para onde suas atividades foram transferidas. 

Desenlace inaugural do Shopping Avenida Center, em novembro de 1989. Da esquerda para a direita: o secretário de Estado de Ciência, Tecnologia e Desenvolvimento Econômico do Governo do Paraná, Paulo Roberto Pereira de Souza (ex-reitor da UEM), Domingos Bertoncello e o prefeito Ricardo Barros. 

O ambiente, anteriormente utilizado para a venda de alimentos, foi inteiramente reformado e deu espaço ao primeiro shopping da cidade, que foi inaugurado em 10 de novembro de 1989. Sob iniciativa do grupo Ingá Empreendimentos, o Shopping Avenida Center ocupou uma área bem menor em relação ao espaço atual e seria considerado o único do gênero até o início da década seguinte . 


Galpão ocupado, a partir de 1975, pelo Horto Mercado (imagem de cima) e que, em 1989, passou a abrigar o Shopping Avenida Center, que aparece em construção (imagem de baixo).

Fonte: Acervo Avenida Center / Acervo Maringá Histórica. 

Estação Rodoviária do "Maringá Velho" - Final dos anos 1940


Registro da primeira Estação Rodoviária da cidade, localizada na avenida Brasil esquina com a então rua Jumbo (hoje, Lafayette da Costa Tourinho), em 1948.

Durante pequeno período, de 1947 a 1952, a cidade chegou a ter três rodoviárias funcionando simultaneamente em três pontos de Maringá: "Maringá Velho" (da imagem); praça da Rodoviária (atual Napoleão Moreira da Silva); praça da Igreja São José, na Vila Operária. 

Fonte: Gerência de Patrimônio Histórico / Acervo Maringá Histórica.