Pioneiro: Ivens Lagoano Pacheco

1940

Nascido em 31 de outubro de 1911, na cidade gaúcha de Lagoa Vermelha, Ivens Lagoano Pacheco ganhou esse nome de sua mãe. Ele mesmo descreveu o feito: "Chamo-me Ivens Lagoano Pacheco porque minha mãe achou que eu nascendo em Lagoa Vermelha, precisava usar o nome da terra que me viu dar o primeiro berro e meu umbigo se desligar da placenta".

Em 1927, quando servia o Exército, começou a sua carreira de jornalista com o pseudônimo de "Ipê" escrevendo no "Diário da Manhã". Como o jornalista já era - como continua sendo - uma profissão que remunera mal - Ivens fez concurso e entrou na polícia em 1937, servindo como delegado em Iraí, depois em Palmeira das Missões, Santo Ângelo, Bagé, Passo Fundo e Porto Alegre.

Envolvendo-se em problemas sérios - quando foi obrigado a atirar num marginal, em legítima defesa, sentiu-se decepcionado com o trabalho policial. Somava-se a isto, perseguições políticas, que o abalaram profundamente, seguindo então o que muitos outros gaúchos já vinham fazendo no final dos anos 30: procurar o Eldorado de Londrina.

Ivens, entretanto, procurava um reencontro consigo mesmo e a oportunidade surgiu quando revendo um amigo de juventude no Rio Grande, Vitório do Amaral Cattani (1913-1961), dele recebeu Cr$ 20 mil, com o qual comprou a posse da Ilha do Mutum, onde "com uma bailarina que havia conhecido num bordel de Londrina, 80 anzóis e um revólver, uma Vinchester, machado e facão, mudei-me" como recorda num dos capítulos mais deliciosos de suas memórias.

A vida na distante Ilha do Mutum - vivendo como pescador, pegando sucuris à unha e praticamente exilado da civilização - só foi interrompida quando, por influência ainda de Vitório Cattani, decidiu conhecer Maringá, então um distrito de Mandaguari. E, assim, Ivens "voltava a civilização".

"Cheguei em Maringá encarapitado num caminhão de carga e fui morar na pensão São Benedito, do Joaquim Mineiro. Não trazia nada. Quem sabe só um pouco de nostalgia do imenso sertão que havia deixado". Maringá era uma cidade que nascia. "Era luta, peleia mesmo".

Chegando em Maringá, Ivens lembrou-se de seus tempos de repórter e procurou o "Maringá Jornal" que Olimpo Prompt publicava com a maior irregularidade - pois era alcoólatra. Ivens recorda o encontro: - "Disse-lhe de meu desejo de ser redator. Perguntou-me se eu sabia fazer jornal e, diante da resposta afirmativa, deu-me a chave da redação, mandou que preparasse a edição da próxima semana e foi beber. Fui à sub-prefeitura, visitei o delegado, estive no Bar Central - espécie de Boca Maldita da época, no cartório, à noite ouvi o repórter Esso da Rádio Nacional do Rio de Janeiro. No dia seguinte, com estas anotações, mais um editorial reclamando contra o prefeito de Mandaguari, preparei o jornal. A circulação aumentou e eu ganhei o emprego".

Na época, Samuel Silveira - pioneiro da radiodifusão no Norte - explorava um serviço de alto-falante local, que depois seria a Rádio Cultura. Ali, Ivens também se revelou como comentarista e cronista, fazendo ainda grandes coberturas. Samuel - cujo império radiofônico cresceria nos anos 1960 por todo o Estado - seria um dos sócios (os outros foram Mário Clapier Urbinatti, Helenton Borba Cortes e João Menezes) de Ivens no "Jornal de Maringá", cujo primeiro número circulou em 5 de abril de 1953. Esse veículo de comunicação, originalmente, foi fundado em 1950, por Avelino Ferreira e Leonor do Lago Ferreira.

O jornal era impresso na Literotécnica, de Orlando Ceccom, em Curitiba, para onde Ivens vinha todas as sextas-feiras, voltando às segundas. Mas logo (1954), comprava um linotipo e passava a imprimir o jornal, cuja sociedade assumiria totalmente em 1958. Cícero do Amaral Cattani, 51 anos, editor do "Correio de Notícias", filho de Vitório Cattani, recorda o Ivens jornalista: - "Foi em 1959, no "Jornal de Maringá", que tive meu primeiro emprego como repórter. Ivens não era o dono do jornal: era o repórter, o diagramador, o corretor - o factótum que dava um calor, uma vida especial ao jornal. Com grande visão sabia promover eventos e também lançou a revista "Cartaz", a primeira impressa em off-set no Paraná".

Como jornalista e empresário, Ivens acompanhou toda a evolução de Maringá - desde os seus tempos de distrito de Mandaguari, até a sua elevação a município, em 1951. No ano seguinte, havia a primeira eleição - e o folclore político daquela época de grandes e acirradas batalhas entre petebistas, udenistas e pessebistas.

Mais tarde, mudou-se para Curitiba, onde abriu a Churrascaria Quero-Quero. Ivens Lagoano Pacheco faleceu na capital do Paraná, em 10 de maio de 1980, com 69 anos.


A foto mostra Ivens Lagoano Pacheco, na Avenida Getúlio Vargas, durante o desfile em comemoração ao dia da árvore, na década de 1950.

Fonte: Jornal - O Estado do Paraná - 24/11/1991 / Acervo do IBGE / Acervo Maringá Histórica.



Foram encontrado(s) 39 registros relacionados ao pioneiro Ivens Lagoano Pacheco

1978

RARIDADE - Ivens Lagoano Pacheco lança livro em 1978

Mais um resgate exclusivo feito pelo Maringá Histórica. As raras imagens mostram o evento de lançamento do livro "O fantasma do espinilho", do jornalista pioneiro na cidade, Ivens Lagoano Pacheco. O evento ocorreu nas dependências da Biblioteca Bento Munhoz da Rocha Neto em março de 1978 e contou com a presen[...] Leia mais


1950

Série: Onde? - Década de 1950

No registro da década de 1950 vemos ao centro da imagem, o jornalista Ivens Lagoano Pacheco. À direita, sorrindo e de óculos, aparece o russo Vladimir Babkov, que era do departamento de topografia da Companhia Melhoramentos Norte do Paraná.Quem seria o personagem à esquerda? E onde o trio estaria? Qual evento?Tem infor[...] Leia mais


1954

Ivens Lagoano escreve sobre a Rede Ferroviária - 1954

O artigo de Ivens Lagoano Pacheco, um dos primeiros jornalistas que aportaram em Maringá, nos remete a discussão sobre os investimentos no setor ferroviário como melhor alternativa para o desenvolvimento econômico do Norte do Paraná. Recentemente, uma nova tentativa está sendo articulada no projeto "Trem Pé-Vermelho",[...] Leia mais


1954

Instalação do Fórum da Comarca de Maringá - 1954

Em 9 de março de 1954 ocorreu o evento para a instalação do Fórum da Comarca de Maringá. O ato se deu com a posse do Juiz de Direito Dr. Zeferino Mozzato Krukoski, que passou a comandar a nova unidade judiciária do Paraná, que ora se instalava, e do Promotor Público, João Paulino Vieira Filho - ambos atendiam, até entã[...] Leia mais


1955

Joubert de Carvalho em Umuarama - 1955

As raras imagens mostram autoridades, empresários e personalidades durante a inauguração da cidade de Umuarama, em 26 de junho de 1955. Considerada a última cidade polo do eixo colonizado pela Companhia Melhoramentos Norte do Paraná (CMNP), à oeste do mapa, aquele evento foi marcado pela presença do médico e compo[...] Leia mais


1956

Personalidades no Restaurante Aldo - 1956

Raríssimo registro do interior do Restaurante Aldo, localizado na rua Santos Dumont. A imagem é de 1956.Estão na mesa da esquerda para a direita: Clóvis de Freitas, ex-prefeito de Floresta; Sebastião, do Banco Mineiro da Produção; João Antonio Corrêa Jr., o "Zitão"; Chico de Souza, do jornal A Hora; Antonio Augusto de [...] Leia mais


1960

Solenidade na praça Emiliano Perneta - Anos 1960

Registro de alguma solenidade realizada na praça Emiliano Perneta no início da década de 1960.Ao fundo aparece a primeira estrutura da Igreja São José Operário, que logo seria demolida para dar espaço à nova construção. Estão presentes o então prefeito de Maringá, João Paulino Vieira Filho, ao centro da imagem, e[...] Leia mais


1950

Grêmio dos Comerciários - Final dos anos 1950

Raro registro do interior do Grêmio dos Comerciários de Maringá, possivelmente, no final da década de 1950. Ao microfone, dividindo espaço com a banda no palco, discursa seu diretor social, Antonio Augusto de Assis, o A. A. de Assis. À esquerda está o cantor Wilson Silva. Os debates acerca da criação de uma entid[...] Leia mais


1950

Joubert de Carvalho - Final dos anos 1950

Registro de Joubert de Carvalho quando esteve na cidade, em 1959, para a solenidade de alteração do nome da rua Bandeirantes para rua Joubert de Carvalho (a lei é do ano anterior a essa visita). O evento se deu em frente da sede da Companhia Melhoramentos Norte do Paraná. Aparecem na imagem, da esquerda para a dir[...] Leia mais


1957

Anúncio da Hermes Macedo S.A. - 1957

Anúncio da Hermes Macedo S.A. veiculado na revista Isto é Maringá, de Manuel Silveira e Ivens Lagoano Pacheco, em maio de 1957.Clique AQUI e saiba mais sobre este estabelecimento.Fonte: Revista Isto é Maringá, 1957 / Gerência de Patrimônio Histórico / Acervo Maringá Histórica.  Leia mais


1957

Personalidades em frente ao Grande Hotel Maringá - 1957

Algumas personalidades flagradas em frente ao Grande Hotel Maringá, em 1957.Da esquerda para a direita: Barbosa Lima, imortal da Academia de Letras, que estava em comitiva visitando a cidade; Anníbal Bianchini da Rocha e Vladimir Babkov, da Companhia Melhoramentos Norte do Paraná; Néo Alves Martins, coletor estadual d[...] Leia mais


1957

Redação de O Jornal - 1957

Raríssimo registro da redação do impresso O Jornal, em 1957. Ao fundo, o jornalista Ivens Lagoano Pacheco (óculos escuros) com dois visitantes; no primeiro plano, o diretor comercial do veículo de comunicação, Ary Vargas.A outra imagem mostra a oficina de O Jornal, com a "moderna" linotipo e sua equipe de colaboradore[...] Leia mais


1954

Instalação do Fórum da Comarca de Maringá - 1954

Em 9 de março de 1954 ocorreu o evento para a instalação do Fórum da Comarca de Maringá. O ato se deu com a posse do Juiz de Direito Dr. Zeferino Mozzato Krukoski, que passou a comandar a nova unidade judiciária do Paraná, que ora se instalava, e do Promotor Público, João Paulino Vieira Filho - ambos atendiam, até entã[...] Leia mais


1956

Adhemar Pereira de Barros em Maringá - 1956

Raríssimo registro de um comício realizado durante a corrida eleitoral de Maringá, em 1956.Trata-se do palanque do candidato do PSP, Américo Dias Ferraz (de branco, à direita). Discursando, o líder político paulista Adhemar Pereira de Barros, que era do mesmo partido e apoiou a campanha de Américo. O jornalista Ivens L[...] Leia mais


1960

A divisão da UDN - 1960

No dia 20 de março de 1960 ocorreu uma grande convenção da UDN, em Curitiba, para tratar de assuntos relacionados aos interesses locais e regionais do partido. O registro abaixo mostra alguns dos representantes udenistas juntamente, no primeiro plano, da bancada da imprensa que cobriu o evento. Vale destacar que, ao ce[...] Leia mais


1956

Almoço com candidatos - 1956

Em agosto de 1956, o Jornal de Maringá promoveu um almoço com os então candidatos à Prefeitura de Maringá. O evento foi conduzido pelo jornalista Ivens Lagoano Pacheco e, além de diversas autoridades, contou com a fala do promotor público João Paulino Vieira Filho. O detalhe é que, até então, Américo Dias Ferraz a[...] Leia mais


1953

Hermann Moraes e Ivens Lagoano - 1953

Em 10 de maio de 1953, Maringá recebeu uma série de autoridades devido às festividades em comemoração de seu sexto aniversário. Diversos empreendimentos foram inaugurados naquela oportunidade. A imagem acima registra a manhã daquele dia, quando os aviões da Real Aerovias e da VASP começaram a chegar com as person[...] Leia mais


1957

Almoço para recepção de Dom Jaime - 1957

Registro da mesa de honra do almoço que recepcionou a chegada do primeiro bispo de Maringá, Dom Jaime Luiz Coelho, em 24 de março de 1957, no Grande Hotel Maringá. Na imagem, da direita para esquerda, o então prefeito de Maringá, Américo Dias Ferraz; Dom Jaime Luiz Coelho; dona Guilhermina Cunha Coelho, mãe do bi[...] Leia mais


2015

Série: vídeos perdidos - Recepção da imagem de Nossa Senhora do Rosário de Fátima - 1953

13/08/1953 - Raríssimo registro em vídeo da chegada da imagem “Peregrina de Nossa Senhora do Rosário de Fátima”, que percorreu muitos países católicos naquele ano (uma imagem com grande importância aos religiosos da época, pois tinha origem portuguesa, do Santuário de Fátima). Este evento foi promovido pela Dioces[...] Leia mais


1950

Primeiros funcionários da Câmara de Maringá - Década de 1950

Eis os primeiros funcionários contratados para conduzir os trabalhos da Câmara Municipal de Maringá, quando estava localizada no Edifício João Tenório Cavalcanti, na Avenida Duque de Caxias.  À direita, de óculos, o jornalista Ivens Lagoano Pacheco; à sua direita, a copeira Sra. Donzinha. Reconheceu os demai[...] Leia mais


1957

Autoridades recepcionam Dom Jaime - 1957

Em 24 de março de 1957, Dom Jaime Luiz Coelho chegou em Maringá para tomar posse como primeiro bispo da cidade. Depois de ser acompanhado por milhares de fiéis do então Aeroporto Gastão Vidigal até a então Catedral Santíssima Trindade, onde o novo bispo realizou sua primeira missa, um grande banquete foi servido no en[...] Leia mais


1954

Homenagem radiofônica - Década de 1950

No início de novembro de 1954, o programa Club do Caçula, da Rádio Cultura de Maringá, foi todo dedicado ao jornalista Ivens Lagoano Pacheco, que havia feito aniversário no dia 31 de outubro. A notícia acima foi retirada de uma das colunas sociais da época, a "Rádio em Maringá - Aluisio".Fonte: O Jornal de Maring[...] Leia mais


1954

Gestos filantrópicos - 1954

Dalva Drugovich distribui 400 presentes. O jornalista Ivens Lagoano Pacheco propõe a doação de presentes aos presos e soldados de Maringá.Fonte: O Jornal - 25 de dezembro de 1954 / Acervo Maringá Histórica. Leia mais


1953

Bento Munhoz no Aero Clube - 1953

O então governador do Paraná, Bento Munhoz da Rocha Neto, visitou Maringá em maio de 1953, por conta das festividades do 6.º aniversário da cidade. Na oportunidade, ele participou de diversos eventos, entre eles, a inauguração das novas instalações do Banco Comercial do Paraná S/A, da Rádio Cultura e do Cine Mari[...] Leia mais


1964

Exposição de Gado Indiano de Celso Garcia - 1964

O vídeo traz um raro registro da exposição de gado indiano de Celso Garcia Cid, realizada, possivelmente, em 1964, no Clube Hípico de Maringá. A filmagem mostra, além de Garcia, Ivens Lagoano Pacheco.Em 1962, o empreendedor Celso Garcia enviou grandes conhecedores de zebu para a Índia, a fim de buscar o que havia de me[...] Leia mais


1960

Convenção da UDN - 1960

Com o título "Como Parte em três partes um partido...", a matéria veiculada no O Jornal de Maringá, em março de 1960, relatou:"A convenção da UDN que se encerrou domingo, em Curitiba, revelou um mérito: a chama da 'eterna vigilância' tripartiu-se do Paraná de maneira flagrante. A maior ala ficou com Ney Braga. Outra, [...] Leia mais


1956

Desfile comemorativo ao dia da árvore - Década de 1950

O desfile comemorativo ao dia da árvore, 21 de setembro, ocorreu na década de 1950 ou início do decênio seguinte, entre os anos de 1956 e 1961, ao longo da Avenida Getúlio Vargas.Na imagem abaixo, o palanque das autoridades. Dentre as pessoas podemos ressaltar o então governador do Paraná Moysés Lupion, Renato Celidôn[...] Leia mais


1956

Almoço para os candidatos a prefeito - 1956

No dia 12 de agosto de 1956, a diretoria do O Jornal de Maringá promoveu um almoço de confraternização aos candidatos a prefeito do município: Haroldo Leon Peres, Dr. José Gerardo Braga, Ângelo Planas e Otávio Periotto. Américo Dias Ferraz, quem venceu o pleito, naquele mês, ainda não era candidato.À esquerda, o então[...] Leia mais


1957

Título de cidadão maringaense para Alfredo Werner Nyffeller - 1957

Durante as festividade do 10º aniversário de Maringá, em 1957, o então prefeito, Américo Dias Ferraz, preparou uma solenidade no interior da 1º prefeitura da cidade (Avenida XV de Novembro esquina com a Avenida Getúlio Vargas) para homenagear o gerente da Companhia Melhoramentos Norte do Paraná (CMNP), Alfredo Werner N[...] Leia mais


1950

Autoridades da Real Aerovias - Década de 1950

Autoridades da Real Aerovias visitando Maringá em um voo especial, ocorrido, provavelmente, no início da década de 1950.Aparecem na imagem Ivens Lagoano Pacheco e Hermann Moraes Barros.O curioso é que o fotógrafo, talvez, sem querer, registrou o cameraman da Companhia Melhoramentos Norte do Paraná, o qual filmava o eve[...] Leia mais


2010

Bonifácio Martins - 2010

Este é Bonifácio Martins, importante militante comunista da Maringá de 1950/1960, lendo o artigo "Da esquerda à prisão: Bonifácio Martins" da coluna Maringá Histórica - Revista ACIM. A imagem foi feita em São Paulo capital pelo amigo, companheiro e professor Reginaldo Benedito Dias.Abaixo, o texto que ele lê:O comunis[...] Leia mais


1952

Discurso de Hermann Moraes Barros - 1952

Durante a posse dos vereadores e prefeito eleito em 1952, ocorrida na Agência Chevrolet na Avenida Paraná, o diretor da Companhia Melhoramentos Norte do Paraná, Hermann Moraes Barros, fez seu pronunciamento.Na imagem ainda é possível identificar Ângelo Planas e Ivens Lagoano Pacheco.Fonte: Museu CESUMAR / Acervo Marin[...] Leia mais


1953

Inauguração da Rádio Cultura - 1953

Apesar de a Rádio Cultura ter sido fundada no dia 15 de junho de 1950, ela foi oficialmente inaugurada no 6º. aniversário de Maringá, a 10 de maio de 1953.Mais informações históricas desta Rádio, clique AQUI.Reconheci na imagem Ivens Lagoano Pacheco (2.º da esquerda para direita) e o então prefeito Inocente Villanova J[...] Leia mais


1961

Instalações do O Jornal de Maringá - 1961

O Jornal de Maringá foi fundado pelo Comunicador Ivens Lagoano Pacheco em 1953. A foto é da sede própria inaugurada em 15 de novembro de 1961.Este veículo de comunicação se tornou o Jornal do Povo.Fonte: Memórias de Um Bom Sujeito II - Ademar Schiavone. Leia mais


1958

Surgimento do Country Club de Maringá

Após receber a negativa para se tornar sócio do elitizado Maringá Clube, Américo Dias Ferraz fundou, juntamente de outros empresários, o Country Clube de Maringá em 1º de Janeiro de 1958.Na foto acima o primeiro do lado esquerdo é Antônio Mario Manicardi.A 1º Assembléia Geral foi presidida por Amadeu de Souza. Na impor[...] Leia mais


1961

Série: Quem Onde?

Na foto, provavelmente de 1961, vemos João Paulino Vieira Filho, então prefeito de Maringá, discursando no saguão de eventos do Hotel Maringá. Na ocasião, se não estiver enganado, autoridades representantes do IBC (Instituto Brasileiro do Café) visitavam a cidade e as plantações na região.Fonte: Centro de Documentação [...] Leia mais


01/01/1957

Revista Isto é Maringá, de 1957

Revista Isto é Maringá, de 1957. Trata-se de uma produção de Manuel Silveira e Ivens Lagoano Pacheco. 

Leia Mais


1950

Benedito Moreira de Carvalho

Com texto de Marco Antonio Deprá:Hoje, 21 de maio de 2020, faz 20 anos do falecimento de Benedito Moreira de Carvalho, contabilista, trovador e autor de livros didáticos que no final da década de 1950 e início dos anos 1960, colaborou com os periódicos “A Tribuna de Maringá” e “O Jornal de Maringá” escrevendo na coluna “Malagueta & Mostarda” crônicas e versos satíricos sob o pseudônimo “Burrinus Brasiliensis”. Esse trabalho resultou na publicação de um livro sob o título “Minhas Estórias d[...]

Leia Mais

Inscreva-se

* respeitamos nossos inscritos, não enviamos spam.

Inscreva-se

* respeitamos nossos inscritos, não enviamos spam.

Cookies: nós captamos dados por meio de formulários para melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade.