Pioneiro: Vanor Henriques

1952

Nasceu em Cataguazes, no interior de Minas Gerais. Se mudou com a família para Cambará-PR em 1929. Na cidade, foi comerciante e correspondente do Banco do Brasil. Foi nesse município, que Vanor juntamente do Major Antonio Barbosa Ferraz Júnior, instituiu a primeira Sociedade Agrícola do Norte do Paraná em 1933. Antes de sair de Cambará, Vanor se tornou vereador.

O ano de 1952 ficou marcado pela vinda de Vanor Henriques para Maringá. Na cidade, iniciou a empresa que marcou seu nome no meio industrial: a Serraria São Sebastião, localizada na Avenida das Indústrias. A Serraria chegou a possuir uma colônia de trabalhadores com 32 casas.

Vanor participou em diversos clubes de classe e de serviço de Maringá, dentre alguns deles: Maringá Clube, Clube Hípico e Rotary Clube. Com o apoio dos rotarianos, auxiliou a construção do Lar dos Velhinhos.


Serraria São Sebastião

Em 1960, Vanor Henriques por meio da UDN, disputou as eleições para a prefeitura de Maringá. Não logrou êxito. Na oportunidade, João Paulino Vieira Filho foi eleito prefeito de Maringá.

Ao longo da vida conheceu mais de 30 países e é um dos poucos brasileiros que recebeu o título de "Cidadão do Mundo".


A esquerda, Vanor em Nairob, Quênia - 1981

Vanor faleceu em 24 de julho de 1987. Foi casado com dona Itália, com quem teve quatro filhos: Rui, Reinaldo, Romilda e Vanor Filho.

---------

O leitor José Flauzino deu sua contribuição: em 1957, numa matéria veiculada pela Revista Maringá Ilustrada, falou-se de “Vanor Henriques, homem realização”. Diz o texto ser Vanor modesto, mas grande pela organização, honestidade e visão do futuro e maior ainda pelas qualidades de alma que possuía. Além das atividades já citadas pelo blog, foi comerciante atacadista junto com seu irmão Jopert Henriques. Em Cambará foi agricultor, juiz de paz, sócio-fundador do Cambará Tênis-Club, do Guairacá Club, do Rotary Club e da Santa Casa de Misericórdia (uma das mais perfeitas da época) e onde tem, entre outros diretores-fundadores, o nome imortalizado no bronze. Foi também um dos fundadores do Colégio Nossa Senhora das Graças. Diz a revisa que a Serraria São Sebastião (H Henriques & Filhos Ltda.) “era uma das maiores, senão a maior de todas as serrarias do grande Estado do sul”. Nas 32 casas para operários, servidas por água e eletricidade, tinha 46 funcionários, que formavam com suas famílias um total de 150 pessoas.

Fonte: Acervo Maringá Histórica / Contribuições - Ruy Henriques, Vanor Henriques Filho, José Flauzino



Foram encontrado(s) 11 registros relacionados ao pioneiro Vanor Henriques

2021

Documentário sobre história política de Maringá segue com entrevistas

No dia 18 de maio ocorreu mais uma entrevista para o documentário “A descoberta do Eldorado: formação e consolidação política de Maringá (1947 a 1988)”. Na oportunidade registramos as memórias do sr. Ruy Henriques, filho de Vanor Henriques que concorreu ao cargo de prefeito nas eleições de 1960. Ao contrário do qu[...] Leia mais


1960

Chácaras e demais construções na Zona 8 - Década de 1960

Feito ao longo dos anos 1960, o registro mostra a Zona 8, às margens da avenida Dr. Gastão Vidigal e do aeroporto, de mesmo nome. Na base da imagem vemos a bela chácara do casal Penha e Carlos Bueno Netto, este último filho do proprietário do Cine Maringá, Odwaldo Bueno Netto. Segundo relatados, era uma propriedade rep[...] Leia mais


1957

Posse do 1º presidente do Grêmio dos Comerciários - 1957

Registro da posse do primeiro presidente do Grêmio dos Comerciários de Maringá, Éder Luiz Noninho, que aparece discursando. À esquerda, de terno e óculos, está o conhecido advogado Ricarte de Freitas. O evento ocorreu em 9 de fevereiro de 1957. Junto de Noninho, integraram como membros de sua diretoria para aquel[...] Leia mais


1960

Páreo eleitoral municipal - 1960

Nas eleições para prefeito de Maringá em 1960, concorreram o promotor João Paulino Vieira Filho, o industrial Vanor Henriques e o advogado Jorge Ferreira Duque Estrada. João Paulinho (PSD) mantinha grande prestígio em toda região, desde quando atuou como promotor público e político em Mandaguari, na década de 1940[...] Leia mais


1960

Uma prefeitura para Maringá - 1960

Em 1960, O Jornal de Maringá veiculou uma seção chamada "Lado mau da cidade", onde denunciou diversos problemas urbanos e sociais. De modo geral, a população estava desacreditada após as duas primeiras gestões municipais. Os prefeitos Inocente Villanova Jr. e Américo Dias Ferraz desenvolveram projetos importantes,[...] Leia mais


1948

Serraria Nossa Senhora de Fátima - 1948

Raríssimos registros da Serraria Nossa Senhora de Fátima, em 1948.As serrarias compuseram uma das atividades mais profícuas da cidade até o início dos anos 1950. Até aquele período foram mapeadas diversas dessas indústrias:  Serraria Santos, Balani S.A., de Vitório Balani e Durval Francisco dos Santos; Serraria Br[...] Leia mais


1950

Caminhão com toras - Década de 1950

A sequência de imagens foi feita pelo fotógrafo húngaro Tibor Jablonsky, em uma de suas viagens que fez ao norte do Paraná, juntamente da equipe do IBGE, no final da década de 1950.O período de 1942 a 1960 pode ser compreendido como o mais proveitoso para os industriais do ramo das serrarias, visto que no início do de[...] Leia mais


1957

Veículos da Serraria São Sebastião

Estes são os veículos de transporte da Serraria São Sebastião, propriedade de Vanor Henriques. Tal indústria teve uma colônia de trabalhadores que chegou a possuir 32 residências. É possível ver ao fundo da imagem parte dessas moradias.Fonte: Revista Maringá Ilustrada - Agosto de 1957 / Acervo Maringá Histórica.[...] Leia mais


1960

Amigos da política - Provavelmente década de 1960

Eis os companheiros da UDN, provavelmente durante a votação das eleições de 1960, a qual Vanor Henriques concorreu ao cargo de prefeito de Maringá. Na imagem, vemos: Neri, Ruy Henriques (filho de Vanor), Vanor Henriques, Haroldo Leon Peres e Francisco Negrão.Esta foi uma das eleições mais controversas da hist[...] Leia mais


1957

Grêmio dos Comerciários de Maringá

Em 15 de novembro de 1954, perante a necessidade de se criar uma entidade para entretenimento da classe média, diversas pessoas se reuniram para fundar o Grêmio dos Comerciários de Maringá.A 9 de fevereiro de 1957 foi empossada a primeira diretoria. Sendo eles: Éder Luiz Noninho - Presidente; Afonso Celso Seara - 1º vi[...] Leia mais



Inscreva-se

* respeitamos nossos inscritos, não enviamos spam.

Inscreva-se

* respeitamos nossos inscritos, não enviamos spam.

Cookies: nós captamos dados por meio de formulários para melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade.