Acervo Virtual

Neste local você encontrará impressos que foram publicados em diferentes momentos da história de Maringá. Para acessar, basta clicar nos links abaixo.

Pesquise, desfrute e utilize essa plataforma. Trata-se de um Acervo Virtual à sua disposição.

Fontes: Acervo Maringá Histórica / Gerência de Patrimônio Histórico de Maringá / Contribuições diversas. 

Revista A Pioneira, setembro e outubro de 1949. Produzida em Londrina, esta revista bimestral ilustrada é um retrato do norte do Paraná daquele período.

Revista A Pioneira, novembro e dezembro de 1949. Produzida em Londrina, esta revista bimestral ilustrada é um retrato do norte do Paraná daquele período.

O Jornal de Maringá, diversas publicações da década de 1950 (parte 1). Fundado por Avelino Ferreira e sua esposa, Leonor do Lago Ferreira, este foi o primeiro jornal da cidade.

O Jornal de Maringá, diversas publicações da década de 1950 (parte 2). Fundado por Avelino Ferreira e sua esposa, Leonor do Lago Ferreira, este foi o primeiro jornal da cidade. 

Revista A Pioneira, março e abril de 1954. Produzida em Londrina, esta revista bimestral ilustrada é um retrato do norte do Paraná daquele período.

Revista A Pioneira, janeiro e fevereiro de 1955. Produzida em Londrina, esta revista bimestral ilustrada é um retrato do norte do Paraná daquele período.

Revista Maringá Ilustrada, agosto de 1957. Edição comemorativa do décimo aniversário da cidade, lançada em 29 de setembro de 1957. Direção: Aristeu Brandespin. Redatores: Ary de Lima e Antonio Augusto de Assis.

Norte do Paraná em Revista, de dezembro de 1958. Matérias: Maringá. Londrina. Cianorte. Arapongas.

Norte do Paraná em Revista, de maio de 1959. Ano 1. Nº 3. Matérias: Maringá completa 12 anos.

Revista 4 Rodas, de setembro de 1961. Parcial da publicação que visitou o Norte do Paraná.

Norte do Paraná em Revista, de agosto de 1962. Ano IV. Nº 4/1. Matérias: Maringá - radiografia em números. Agropecuária, ensino e assuntos gerais. Umuarama. João Paulino na 25º hora.

Norte do Paraná em Revista, de março de 1963. Ano IV. Nº 4/2. Matérias: Ciência seleciona tipo para melhorar qualidade. Casco indiano pisa solo nacional. Brasil numa perna só: Café. A batalha verde.

Norte do Paraná em Revista, de julho de 1963. Ano IV. Nº 4/3. Matérias: Cianorte - saga dos pioneiros escrita em 10 anos. São Bernardo do Campo - 5.000 dias sem sol. Londrina - rua Sergipe a pequena Tóquio. Maringá - banca de bingo movimenta milhões. Educação - Falta o G no alfabeto de Cianorte.

Norte do Paraná em Revista, de janeiro de 1964. Ano VI. Nº 6/4. Matérias: 3 anos de governo. Ney, o que fez? Conselhos ajudam a administrar Mandaguari. Deputados no Raio X. Norte do Paraná: uma lição para a reforma. Ibiporã: inaugurada a ECGI. Pecado de JK.

Norte do Paraná em Revista, de abril de 1965. Ano VII. Nº 7/4. Período: 15 de abril a 15 de maio de 1965. Matérias: sucessão de Ney: outra vez o sul ?, Maringá: maioridade e progresso (18 anos), anterior: terror das professoras.

Norte do Paraná em Revista, de agosto a setembro de 1965. Ano VII. Nº 7/5. Período: 15 de agosto a 15 de setembro de 1965. Matérias: Rodovia do Café. Política. Umuarama.

NP (Norte do Paraná em Revista), de maio a junho de 1966. Ano VIII. N.º 8/3. Matérias: Como erradicar os milhões de cafeeiros. Umuarama: capital por um dia. O palhaço o que é?

NP (Norte do Paraná em Revista), de fevereiro de 1967. Ano IX. Nº 9/2. Matérias: A safra de cidades da Melhoramentos. Inquérito: o Norte do Paraná parou? Porto Ubá: adeus à balsa. Maringá: os verdes anos da glória.

NP (Norte do Paraná em Revista), de março de 1967. Ano IX. Nº. 9/3. Matérias: Umuarama, metrópole de 4.380 dias. A resposta de Paulo ao desafio de Maringá. Xambrê retoma a utopia dos jesuítas. 1.650 quilos de misseis em Cornélio. O que é a nova política do café.

NP (Norte do Paraná em Revista), de abril de 1967 (data a ser verificada). Ano IX. Nº 9/4. Matérias: Lama: Paranavaí já em liberdade, Cianorte sitiada.

NP (Norte do Paraná em Revista), de maio de 1967. Ano IX. Nº. 9/5. Matérias: O empresário. Energia e estradas antecipam o progresso. Prefeitos repelem volta à escravidão: "o ICMS é nosso".

NP (Norte do Paraná em Revista), de junho de 1967. Ano IX. Nº 9/6. Matérias: Paraná, o império dos jovens. Barbosa Ferraz, não vive só da menta. Arapongas, o voo da glória.

NP (Norte do Paraná em Revista), de julho de 1967. Ano IX. Nº 9/7. Matérias: Paraná, sua política, seus homens. "Guerrilha" para abolir a mina-saia. Estamos bem de saúde?

NP (Norte do Paraná em Revista), de setembro de 1967. Ano IX. Nº. 9/9. Matérias: Educação é meta prioritária. Um banco quebra tabus. Caranguejos no balaio da Arena. A dupla vida do Barnabé Pintor.

NP (Norte do Paraná em Revista). Possivelmente, a edição é de dezembro de 1967, pois trata do assassinato de Clodimar Pedrosa Lô, ocorrido em novembro daquele ano. Ano IX. Nº 9/8. Matérias: uma estrada procura seu destino. Paranaguá, a capitania provisória. O homem, a cobra e o mar de lama. Você conhece Guaíra?

Anuário de Maringá, de 1971. Organizado por Antenor Sanches, o impresso traz dados estatísticos e informações históricas da cidade. 

Anuário de Maringá, de 1972. Organizado por Antenor Sanches, o impresso traz dados estatísticos, a evolução histórica da cidade e os três primeiros anos da gestão do prefeito Adriano José Valente. 

Revista Maringá Ilustrada, maio de 1972. Edição comemorativa do Jubileu de Prata da cidade. Editor: Ludovico Del Guércio.

25 comentários:

  1. Bacana. Folheei-a inteirinha.

    ResponderExcluir
  2. Em 1957 já caíam arvores sobre carros. Muito legal. Parabéns pela iniciativa de facilitar o acesso ao passado de Maringá.

    ResponderExcluir
  3. Gostei ver as revistas de antigamente!

    ResponderExcluir
  4. Muito boa a iniciativa de disponibilizar estes acervos para a comunidade.

    ResponderExcluir
  5. se alguém souber quem é a pioneira norvina maria gonçalves, ou onde encontrar sobre, por favor me envie, é para trabalho escolar...andriacristina@hotmail.com
    grata
    Andria

    ResponderExcluir
  6. Maravilhosas fotos e, excelente recordações. Principalmente, para quem gosta desta cidade exemplar.Acompanho com alegria todas publicações.

    ResponderExcluir
  7. Excelente publicação. recordar é viver. estou feliz demais em rever lugares por onde morei, passeei, estudei.

    ResponderExcluir
  8. Obrigado a todos os internautas que têm visitado o Maringá Histórica.

    ResponderExcluir
  9. Parabéns, pela recuperação da história de nossa cidade (minha, desde 1951). Trabalho notável !

    ResponderExcluir
  10. PARABÉNS PELA INICIATIVA, SUPER GOSTEI. Sou neta e filha de pioneiros meu pai veio pra cá em 1945 e meu avó antes, como corretor da companhia de Terras

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nosso sincero agradecimento!

      Se tiver imagens de seus avôs, nos envie para publicarmos.

      Excluir
  11. Parabens, excelente trabalho.

    ResponderExcluir
  12. Sensacional esse resgate da história para os mais novos conhecerem e para os mais recordarem. Parabéns!!!

    ResponderExcluir
  13. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  14. Boa tarde estou a procura do meu tio Valdeci Barbosa dos Santos, mais conhecido como Vava (irmão do meu pai Carlos Barbosa dos Santos) eles foram separados quando pequenos, sabemos que ele trabalhou no Frigorifico Central, se alguem tiver algum conhecimento por favor me informe. serei grata

    ResponderExcluir
  15. Tenho em casa um exemplar da Revista Maringá Ilustrada de 1957. Esse foi o ano em que chegamos aqui: eu, meus pais e mais 04 irmãos.

    ResponderExcluir
  16. Parabéns a todos pela excelente iniciativa.
    estou extasiado em rever imagens dos tempos em que vivi em Maringá, de 1962 à 1982.
    Gratos a todos!

    ResponderExcluir
  17. Parabéns por estar conseguindo recuperar a história dessa cidade linda e maravilhosa,minha avó conta até hoje como foi difícil na época(1939) em que ela veio para cá com meus bisavós. É gratificante saber que ainda existam pessoas que querem transmitir o processo de evolução da cidade. Estão de parabéns.

    ResponderExcluir
  18. Maravilhoso trabalho. Sou filha de um ex-vereador diplomado em 1957, inclusive guardamos este diploma de papai. No entanto, não vemos registro algum sobre ele, apenas, de um sr. Reginaldo Benedito Dias. Meu pai, sr. BENEDITO DIAS, pelos seus feitos deveria ter sido lembrado,afinal, não se substitui pessoas nem seus feitos.

    ResponderExcluir
  19. GIUSEPPE LEGGI JUNIOR22/01/2020 08:35

    Que maravilha
    Como é importante ter alguem que se importe pela "perpetuação"
    A História não pode se perder

    PARABÉNS PELA DEDICAÇÃO

    ResponderExcluir
  20. Boa tarde, gostaria muito de uma foto da frota da tccc, de preferência carro 25, motorista João Cesar Marcolino, obrigado.

    ResponderExcluir
  21. Adoro saber coisas do passado de Maringá.
    Não sabia que a Catedral era um dos 10 monumentos mais altos do mundo.
    Continue publicando isso que vc vai longe.
    Acredite!

    ResponderExcluir
  22. Cascavel Pr. 04 de Outubro de 2020 Domingo. 02h26min.
    Se a Izabela Ferreira Voichicovski estivesse lendo meus comentarios, certamente sabe passou mais de 4 anos que nos conhecemos. Ou seja, seus filhos já cresceram, logo estou pensando em minha mãe e no mundo. Nosso Paraná e nos países que estão comemorando o e-comercio. A vasta destruição do planeta se deve à proliferação de muitos fatores e interesses comerciais de todos níveis. As doenças causadas pelas água, pelo ár, pelo fogo. Os quatros elementos Terra/Ar/Fogo/Água. O quinto elemento á a paz que os seres humanos não conhecem. A paz de espirito, a grande procura para saciar os desejos de tirar a paz de quem não tem nada ou de quem é menor e principalmente que é maior. Sempre há imbecis e eunucos que não conseguiram satisfazer com o pouco e com muito. Preferem ser meros espectadores e são vergonhosos. Por isso há os que vivem nus subterrâneos de cidades, das capitais e metrópoles. Em Curitiba Pr. Por exemplo há locais que há pessoas vivendo e sobrevivendo com sucatas, debaixo de latas, ferros-velhos em extrema pobreza. Quem for até a capital do Paraná, conseguirá perceber que a cidade "morre" nos fins de semana, e a juventude até rouba túmulos, metais de caixões no cemitério da Água-verde. Em 2018, havia jovens vestidos de "EMOS", os góticos, que procuram vasos com flores para vender em lojas de artesanatos ou nas feiras. Muitos revendem nos velórios. Imaginem, o que é a miséria quando um jovem tem que comprar drogas. LDS, Cocaína, maconha, bebidas, cigarros e todos tipos de entorpecentes. Há velhos e velhas que não tem como tratar suas loucuras, e minha mãe sofre por ter que usar sua incapacidade como escudo para não cometer suicídio. Os suicidas já existem com sua consciência, tanto superior ou inferior. Não é necessário observar o diploma de um médico ou de um advogado ou juiz para saber que está drogado pelo poder. Igualmente os policiais municipais, estaduais e federais. Todos são corruptos, porque são pagos para providenciar a morte, e matam por qualquer punhado de dinheiro, e muito mais quando se trata de grandes quantias. Aqui em Cascavel Paraná. Todos são corruptos, até o Ciro Kreus, conforme o Edson Cadini que o chama sempre de Filho da Puta. Então se meu falecido pai Massao Shiraishi foi abençoado por ter eu como filho unigênito e primogênito, não será as seitas evangélicas ou católicas e maçonaria que irão proteger o planeta, nem as ongs espalhadas pelo planeta. Quem protege o Sistema Solar é Deus, nem o astro SOL protege os raios ultra-violeta, da secura de fontes e nascentes. A água é restrita e sempre será restrita aos que podem comprar. Quem tem dinheiro não pode tomar dinheiro para saciar a sede. Imaginem quando não houver água e nem alimentos saudáveis. O dinheiro não compra saúde e nem saudades. (c) John Massao Shiraishi. E no momento a China está enviando sementes para cidadãos de todo mundo sem terem encomendado. "Presentes de Gregos", para produzir pestilencias, venenos e alterar as plantações do Brasil e de outros países. Conforme Massao Shiraishi.´. havia comentado. A vingança virá da Ásia para os Americanos do Norte , da America o Central e Americanos do Sul.
    Referencias de texto
    Juiz Ciro Kreus (vara de família)
    Edson Cadini (Economista pau-no-cu ex-sócio de Massao Shiraishi e John Massao Shiraishi)
    Izabela Ferreira Voichicovski ( Ex Gerente Prime Bradesco)

    ResponderExcluir