24 de mai. de 2020

Pioneiro: Sigismondo Dei Tos

Sigismondo Dei Tos nasceu em 23 de outubro de 1897, na cidade de Godega di Sant’Urbano, região do Vêneto, norte da Itália. 

Alistou-se aos 17 anos no exército italiano no ano de 1914 e participou da Primeira Guerra Mundial, onde lutou até o fim daquele conflito, em 1918. Sigismondo atuou principalmente contra os Austríacos, no embate sangrento de trincheiras.


Após o fim da guerra, o pai de Sigismondo, Giacomo Dei Tos, se preocupando com novos confrontos mundiais, imigrou para o Brasil com toda família.

Em 25 de dezembro de 1921, Sigismondo desembarcou no porto de Santos juntamente com os pais e irmãos, iniciando ali a vida típica de um imigrante italiano no interior de São Paulo, passando a trabalhar nas lavouras de café. 

Casou-se em 1927 e teve dez filhos. Posteriormente, Sigismondo Dei Tos comprou um sítio próximo da atual Iguaraçu em 1953. Seus filhos trabalharam na derrubada floresta, a fim de abrir espaço para o plantio de café. Famílias italianas trabalhavam unidas e era bem comum o esforço de todos nas fazendas.


Em 1958, Sigismondo adquiriu uma casa em Maringá, na Vila Operária. Nesse bairro, viveu até o dia de sua morte aos 94 anos, em 1991. 

Segundo se tem registro, trata-se do único imigrante italiano combatente na I Guerra Mundial que tenha residido em Maringá. 

As fotos mostram esse personagem em dois momentos. A primeira aparece Sigismondo Dei Tos com 17 anos, em 1914, quando se alistou no exército italiano. A segunda, de 1928, mostra-o com sua esposa e primeira filha. 

Fonte: Contribuição de Ezequiel Dei Tos / Acervo Família Dei Tos / Acervo Maringá Histórica. 

3 comentários:

  1. Esse é o meu vovô qué hoje está nos braços de Deus

    ResponderExcluir
  2. SIM É NOSSO SAUDOSO NONO.

    ResponderExcluir
  3. É uma recordação e tanto! Para mostrar aos nossos netos e filhos

    ResponderExcluir