3 de mar. de 2019

Pioneiro: Laurindo Cordiolli


Nascido em Lusitânia no ano de 1937, distrito de Jaboticabal (SP), Laurindo Cordiolli se mudou para Maringá junto dos pais em 1951. 

A família, estabelecida na região da Estrada Guaiapó, trabalhou em fazenda de café e em comércio (foi proprietária da tradicional venda Guaiapó).

Cordiolli saiu da roça aos 18 anos para se aventurar na cidade. Trabalhou na Casa Vila Real, onde tirou a carteira de motorista, e na Hermes Macedo S/A, onde conseguiu comprar uma lambreta. 

Mais tarde, trocou a lambreta por uma debulhadeira de milho. E com a venda da debulhadeira, e mais alguns recursos, comprou o seu primeiro caminhão, um Ford F600, ano 1966.

Em 1977, Laurindo Cordiolli fundou a Cordiolli Transportes que, atualmente, conta com mais de 200 caminhões carretas e mais de 350 colaboradores. São aproximadamente 51 mil toneladas de produtos por mês.

Laurindo foi um dos mentores e fundadores do grupo G10 Transporte, em 2000, referência como modelo inovador de cooperação entre empresas. O G10, hoje, está entre as cinco maiores empresas no ramo de transporte rodoviário do Brasil. 

Cordiolli é também um restaurador e colecionador de carros e caminhões antigos, com acervo já reconhecido entre os mais importantes do Sul do Brasil. Os veículos estão armazenados no Museu Cordiolli, o qual o Maringá Histórico visitou e produziu um vídeo -> Clique AQUI para assistir. 

Outra coleção cultivada com esmero, por Laurindo, é a de objetos antigos, particularmente de uso doméstico e de trabalho.

Fonte: Acervo Museu Cordiolli / Acervo Família Cordiolli / Contribuição - Marcos Cordiolli / Acervo Maringá Histórica. 

Um comentário: