20 de out de 2010

Pioneiro: Chico Netto

Francisco Bueno Netto, filho de Benedito Netto de Araújo e Ana Bueno, nasceu a 9 de abril de 1894 na cidade de Mogi Mirim, São Paulo.

Francisco Bueno Netto passou a ser conhecido por Chico Netto. Com apenas quatorze anos, iniciou sua carreira no futebol, quando foi convidado para jogar no time do Amparo de São Paulo. Em 1912, Chico se mudou para o estado do Rio de Janeiro, momento em que defendeu o conhecido América Football Clube.

Um ano depois, acabou regressando ao estado de origem, sendo convocado para defender o Sport Club Americado. Entre os anos de 1914 e 1915, vestiu a camisa do São Bento. Mas foi no ano de 1915 que Chico Netto passou a viver seu momento de glória, quando foi contrato pelo Fluminense Football Club.

Com a posição oficial de zagueiro esquerdo e capitão, Chico Netto ao lado de Vidal e Marcos Carneiro de Mendonça (goleiro), passou a formar o “triângulo de ouro” do futebol nacional.

Em 1917, o tão esperado Campeonato Carioca foi conquistado pelo Fluminense.

Chico Netto, personagem de prestígio e destaque no time, no mesmo ano da conquista do campeonato estadual, foi convocado para ser técnico interino da seleção brasileira em três amistosos ocorridos naquele ano.

Na campanha de 1918, o Fluminense conquistou o bicampeonato estadual. No ano seguinte, logrou sucesso novamente, se tornando tricampeão estadual.

Em 1923, Chico Netto foi novamente convidado para comandar a seleção brasileira, desta vez, com o cargo efetivo. Nesta campanha, foram sete jogos com três vitórias do Brasil.

No Fluminense. Chico é o primeiro sentado da direita.

Francisco Bueno Netto, que iniciou sua carreira no futebol em 1908, encerrou as atividades esportivas defendendo o Fluminense na partida de despedida contra o Bangu-RJ, no dia 04 de maio de 1924.

Após se afastar dos gramados, Chico Netto perdeu sua esposa, Alice Rodrigues. Fontes não oficiais relataram que Alice faleceu durante o parto de Carlos Eduardo Rodrigues Netto, filho do casal.

Depois de certo tempo, Chico Netto se mudou para Catanduva, interior de São Paulo. Lá, foi morar na chácara do irmão, Renato Bueno Netto.

De Catanduva, a convite de outro irmão, Odwaldo Bueno Netto, Chico Netto aportou em Maringá, Paraná. Isso ocorreu provavelmente no ano de 1956. No intuito de uma localidade mais calma, mudou-se para a casa de Odwaldo, localizada na Avenida Brasil, em frente à atual Praça Napoleão Moreira da Silva

Após aproximadamente três anos, Francisco Bueno Netto veio a falecer a 18 de junho de 1959, devido a complicações pulmonares ocasionada pelo uso do cigarro. Vício que provavelmente foi adquirido após a morte da esposa.


Fonte: Artigo - Dos primórdios do futebol: A história de Chico Netto - Miguel Fernando P. Silva / Acervo Maringá Histórica.

10 comentários:

  1. É uma biografia deveras pobre em terras maringaenses. Ter o nome imortalizado no principal ginásio de esportes de Maringá é uma injustiça.

    ResponderExcluir
  2. É uma visão particular Flauzino. Eu acho uma justa homenagem não para o Chico Netto, mas sim, para o Ginásio.

    Na época, Silvio Barros procurava um nome de um esportista de grande destaque no cenário nacional e, para fugir das mesmices (Pelé e cia), procurou algum nome no Rio de Janeiro. Surgiu o do Chico Netto. Somente depois, ele soube que Chico era tio de sua esposa, Bárbara.

    ResponderExcluir
  3. Miguel,

    Tenho minhas dúvidas de que o Sílvio (pai) não sabia quem era o Chico Netto. Creio que a homenagem foi para a família dele mesmo. Na época, diga-se com justiça, isso não era nem imoral e nem ilegal.

    ResponderExcluir
  4. Pois é, Sérgio.

    Não temos como comprovar. São alguns escassos documentos, perante os "exaltosos" depoimentos.

    Confrontei alguns dados e fez sentido o que descrevi acima.

    ResponderExcluir
  5. Prezado Miguel:Sugiro a você consultar o site do Fluminense Futebol Clube e melhor apurar o que foi registrado.O Finado Chico Netto,meu avo, foi, no futebol então ainda amador no Brasil, campeão pelo fluminense nos anos 1917/18 e 19 compondo o trio de ouro mencionado. Esta mesma equipe em 1919 inaugurou o estádio do Fluminense - o 1ºestadio de futebol do Brasil - e foi 90% desta equipe que vestiu a camisa da então CBD e disputou o 1ºCampeonato Sul Americano sendo campeã. O nome correto do filho do Chico Netto é Carlos Eduardo Rodrigues Netto, meu pai.O Chico foi ainda um dos fundadores do Iate Club do Rio de Janeiro, a época divisão náutica do fluminense.
    Carlos Eduardo Bueno Netto

    ResponderExcluir
  6. Olá Carlos. Obrigado pela visita. Os dados estão corretos, foram aferidos por acervistas do Fluminense em trocas de e-mails. Na ocasião que fiz a pesquisa sobre o seu avô, tentei te ligar algumas vezes, mas não lhe encontrei em casa e o seu celular estava desligado.

    ResponderExcluir
  7. Prezado Miguel,

    Fiquei muito feliz ao ver uma homenagem sobre o legendário Francisco Bueno Netto, o Chico Netto.

    Sou historiador e escrevo a história do Fluminense Football Club no Canal Fluminense.

    Sobre o memorável atleta, ele foi uma glória não só do Fluminense, mas também da Seleção Brasileira. Disputou a Copa América de 1917, sendo titular em todas as partidas ao lado de Marcos Carneiro de Mendonça, o maio goleiro de seu tempo, e Sylvio Vidal, o Vidal. Juntos, eles formaram o triângulo de ouro do futebol carioca e brasileiro.

    Faziam parte do mais temido e poderoso esquadrão de amadores do futebol brasileiro, tricampeão carioca em 1917-1918-1919 e campeão da Taça Ioduran de 1919 (o precursor do Torneio Rio-São Paulo).

    É importante salientar, que todos os atletas daquele grande esquadrão era ovacionado em qualquer lugar que jogassem. Em 1918, por exemplo, o Fluminense foi à Santos, encarar o Santos e foi ovacionado em sua chegada. Todos famosos, todos jogavam ou já haviam jogado na Seleção Brasileira, portanto eram muito conhecidos por aqueles que conheciam o football.

    Não sei qual a representatividade que Chico Netto teve para a bela cidade de Maringá. Mas posso-lhe assegurar que o mesmo foi uma glória do esporte nos tempos do amadorismo, tendo inclusive várias crônicas a respeito do atleta.

    Foi também um dos fundadores do Yatch Club do Rio de Janeiro, juntamente com Arnaldo Guinle, patrono do Fluminense. O Yatch clube seria incorporado ao Fluminense, mas o então presidente do clube tricolor na época (agora não sei lhe precisar o ano) liberou o Yatch Club do contrato de incorporação ao Fluminense Football Club.

    Portanto, entendo que a homenagem ao ginásio de esportes da cidade é justa, no que tange ao atleta que foi, pela figura pública que era e acima de tudo, por ter escolhido a cidade de Maringá como a sua cidade do coração, onde permaneceu até o seu falecimento.

    Parabéns por ter resgatado a memória do legendário Chico Netto, integrante do mais temido e poderoso esquadrão de amadores do futebol brasileiro!

    ResponderExcluir
  8. Parabéns pelo resgate histórico, é disso que nossa cidade necessita.

    ResponderExcluir
  9. Bom dia. Tenho um site sobre o Fluminense. Gostaria de estar publicando este artigo, que fala sobre um dos maiores ídolos do amadorismo Tricolor. Citando a devida fonte lógico.

    ResponderExcluir
  10. Chico netto estreou na seleção brasileira no dia 7 de janeiro de 1917, no amistoso não oficial contra o Dublin FC (URU)
    Todos os jogos da Seleção Brasileira
    https://jogosdaselecaobrasileira.wordpress.com/

    ResponderExcluir