21 de set de 2009

Cine Horizonte

O Cine Horizonte funcinou em sua primeira estrutura, em madeira, da década de 1950 até 1966, na Avenida Brasil (atualmente Supermercados Bom Dia - Quase em frente a Igreja São José).

O cinema foi palco de diversos filmes de renome nacional e internacional.

Em 1966, foi reestruturado em alvenaria na Avenida Riachuelo, onde funcionou até fins da década de 1990. Na década de 2000, virou igreja.

Quem não se lembra da Kombi do Cine Horizonte passando pelas ruas dos bairros de Maringá para divulgar os filmes. As vezes as crianças ganhavam cortesias do motorista.

Fonte: Departamento de Patrimônio Histórico da Secretaria de Cultura Municipal /Carlão Maringá

-------------------------

Dicas:

Prof. Dr. Reginaldo B. Dias - O cine horizonte fazia suas propagandas com o lema O SEU CINEMA APRESENTA... a voz do locutor era acompanhada pelo tema musical do cinema VIVER OU MORRER, canção francesa orquestrada pelo maestro Paul Mauriat, que também era reproduzida pouco antes das sessões. Era o aviso de que o filme ia começar.

16 comentários:

  1. Professor Reginaldo, isso é vero! Como eu gostava da música. A procurei por mais de dez anos na internet até achar o disco inteiro. Segue então para nosso querido Miguel a música de abertura do Cine Horizonte pra matar a saudade.Pode postar em outro lugar e colocar só o link pra gente ouvir.
    Cirlene

    ResponderExcluir
  2. Ah, uma observação: Não era em frente a igreja São José, era na avenida Laguna que saia defronte a Igreja e confluente a Av. Brasil, descendo umas 3 a 4 quadras do lado esquerdo.

    ResponderExcluir
  3. Ou melhor do lado direito de quem descia...

    ResponderExcluir
  4. Olá ao visitante acima. Antes dele funcionar em alvenária na Avenida Riachuelo, funcionou na estrutura de madeira na avenida brasil.

    Obrigado pela visita.

    ResponderExcluir
  5. Ah, é verdade Miguel, me enganei com o nome da avenida, realmente era na Avenida Riachuelo esquina com começo da Rua Santos Dumont.

    ResponderExcluir
  6. Eu sempre achei que o Cine Horizonte iria ficar de ""pé por mais tempo!!! Hoje ano de 2009 ele já está no chão... fico muito triste pois era um cinema antigo aqui de Maringá! Se reformacem ele, eu iria até hoje lá! Que aliás... meu primeiro filme a assistir em um cinema e que foi lá foi Lua de cristal com Xuxa Meneguel e Serginho malandro.

    Que pena mesmo não existir mais hoje =(

    Pois moro na rua Santos Dumont desde 1989.

    Letícia R. Mora

    ResponderExcluir
  7. infelismente graças aos barros
    walter

    ResponderExcluir
  8. sabe , eu estava conversando com minhas filhas, sobre o a minha juventude, e lembrei-me da musica de abertura das sessões do cine horizonte , derre-pente a historia parou. Teve um fim brusco. É lamentável que a cultura , o lazer das pessoas e porque não dizer a história, vai apagando -se aos poucos das vidas das pessoas, qual seria o real motivo do fechamento do nosso querido e histórico CINE HORIZONTE?????? DMATRIS

    ResponderExcluir
  9. A PROPOSITO QUER OUVIR A MUSICA DE ABERTURA ESTA AQUI NESTE ENDEREÇO

    :http://www.buscamp3gratis.com.br/download/Viver-Ou-Morrer-paul-Mauriat_676f38373233306562.html

    É SÓ COPIAR E COLAR E CHORAR DE SAUDADE.
    DMATRIS

    ResponderExcluir
  10. Morei na região de Maringá de 1960 a 1969.

    Me lembro dos comerciais dos cinemas no rádio, punha-se o prefixo dos cinemas e fazia-se uma síntese dos filmes, todos eles tinham prefixo...

    Cine Maringá, Plaza, Horizonte...

    E davam tb a programação, falava assim: "O cine Maringá apresenta às 19:30 e 21:30 e falava do Cine Brasil de Mandaguaçu...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. gente faz tempão,anosssssssssssss q estou atraz do tema do cine horizonte...obrigadaa

      Excluir
  11. Quem não se lembra do saudoso Cine Horizonte com suas cortinas vermelhas se abrindo ao som de Paul Mauriat - Viver ou morrer. Eu particularmente frequentei nas matinês e a noite quando a "censura" permtia. Tinha até um estacionamento para bicicletas e eu usei muito deixando minha "magrela" quando ia assistir meus faroestes preferidos, sendo Giuliano Gemma o galã daquela época, hoje com 74 anos. Maringá, Cine Horizonte, faz parte da minha história.

    ResponderExcluir
  12. deviam ter preservado este cinema,para que nós pudéssemos mostrar aos nossos filhos um pouco do nosso passado.
    abço
    geléia

    ResponderExcluir
  13. Esse cinema fez história e eu tenho comigo parte dela, tenho duas poltonas na minha sala do Cine horizonte, outro dia eu assisti caçadores da arca perdida sentado nela.

    ResponderExcluir
  14. Meu tio, Izenil trabalhou nesse cinema, e ele conta que o primeiro dono foi Artivo Martins, que vendeu para De Grossi. O nome foi criado por Artivo, e não como descrito na reportagem.

    ResponderExcluir
  15. Meu tio, Izenil trabalhou nesse cinema, e ele conta que o primeiro dono foi Artivo Martins, que vendeu para De Grossi. O nome foi criado por Artivo, e não como descrito na reportagem.

    ResponderExcluir