Tem início a organização e a digitalização do maior acervo da memória empresarial de Maringá

2022


O projeto “Preservação da memória empresarial de Maringá: digitalização do Centro de Documentação Luiz Carlos Masson”, enquadrado na Lei Nacional de Incentivo à Cultura pelo Maringá Histórica, teve início ontem, dia 19.  

Instalado na Associação Comercial e Empresarial de Maringá (ACIM), o Centro de Documentação Luiz Carlos Masson mantém o maior acervo da memória empresarial da cidade. Fundada em 1953, a entidade esteve, e ainda está, presente nos principais projetos de desenvolvimento de Maringá e região. 

A título de exemplificação, somente na década de 1950 a ACIM foi extremamente atuante para a instalação da agência do Banco do Brasil, a ampliação das estruturas dos Correios, o início das atividades da estação ferroviária local, a construção da primeira usina elétrica da cidade, entre muitas outras conquistas que trouxeram progresso aos habitantes. Nos anos 1990, organizou e coordenou o movimento Repensando Maringá que resultou, dentre várias outras estratégias de planejamento, na criação e formalização, em parceria com os Poderes Executivo e Legislativo Municipal, do Conselho de Desenvolvimento Econômico de Maringá, o Codem. Em momento recente, liderou a sociedade civil organizada em prol da arrecadação de recursos para aquisição de equipamentos e EPIs, além de insumos, que salvaram muitas vidas acometidas pela covid-19. 

Por essa razão, produziu, ao longo de sua história, documentos de fundamental importância que podem auxiliar na interpretação do passado a partir de novas pesquisas. 

Esse gigantesco acervo, composto por mais de 84 mil itens, será agora adequadamente catalogado, organizado, indexado e digitalizado por equipe especializada, utilizando as mais modernas técnicas para essa finalidade. Entre elas, a aplicação de ferramentas de Reconhecimento Óptico de Caracteres (Optical Character Recognition), popularmente conhecida pela sigla OCR, a qual permite converter diferentes tipos de documentos em dados pesquisáveis ou editáveis.


Esse acervo físico é composto por revistas, jornais, informes e boletins da instituição. Além de clipagens de matérias diversas, fotos, documentos, atas e vídeos. 

Miguel Fernando, pesquisador e coordenador do projeto, ressalta o ineditismo da ação. “Sabemos do grande volume de documentos existentes nas mais diversas instituições locais. Esse trabalho que estamos desenvolvendo servirá de referência para outras iniciativas. Afinal, o acervo da ACIM ficará preservado, em formato digital, para as futuras gerações”, afirmou. 

Michel Felippe Soares, presidente da ACIM, comemorou o início das atividades do projeto. “Há anos estávamos buscando por uma solução efetiva para não só preservar o nosso acervo, mas também torná-lo acessível”. O presidente lembra que a preservação histórica é um dos pilares da instituição. “Nossa história, de fato, se confunde com a história de Maringá. A ACIM valoriza personalidades que estiverem presentes nos momentos mais difíceis de nossa cidade. É preciso manter essas memórias vivas para valorizarmos cada conquista”, reforçou Michel Felippe. 

O patrocínio integral da iniciativa é da Companhia Melhoramentos Norte do Paraná, colonizadora que forjou o Norte e o Noroeste do Paraná como referência mundial. Fundada em 1925, a empresa faz parte da história regional por ter constituído mais de 60 cidades ao longo de quase 550 mil alqueires paulistas. 

Com o acervo digitalizado e organizado, uma moderna plataforma permitirá ao grande público pesquisar os seus dados de maneira global e gratuita, democratizando de fato o acesso a esse amplo centro de documentação. 

A expectativa é que o projeto seja executado ao longo dos próximos doze meses. 


Lei Nacional de Incentivo à Cultura

Patrocínio: Companhia Melhoramentos Norte do Paraná

Fomento à Cultura: Instituto Cultural Ingá

Apoio: ACIM

Realização: Maringá Histórica, Ministério do Turismo, Secretaria Especial da Cultura, Governo Federal – Pátria Amada Brasil. 

Compartilhe

Inscreva-se

* respeitamos nossos inscritos, não enviamos spam.

Inscreva-se

* respeitamos nossos inscritos, não enviamos spam.

Cookies: nós captamos dados por meio de formulários para melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade.