Confeitaria Copacabana - Década de 1950

1950

Este foi o prédio que funcionou, até certo ponto pouco conhecida, a Confeitaria Copacabana. O local, Avenida Getúlio Vargas (em frente ao atual Edifício Três Maria).

------------------

Dr. Aloysio de Lima Bastos deu sua contribuição - A Confeitaria Copacabana era do Pacheco [...]. Vizinha à confeitaria estava o Salão Copacabana, que atendia as principais damas de Maringá. Sonia Pacheco, sua filha, [...] titular do salão, queria cronicamente namorar o Calil Haddad.

Nossa cidade se servia exclusivamente de água proveniente de poços freáticos. Geralmente, se faziam os poços no fundo dos terrenos e a fossa na calçada, com dupla vantagem: 1ª distanciava o poço da fossa; 2ª facilitava o serviço do caminhão "limpa-fossa". Nos intervalos sem chuvas, os poços iam minguando gradualmente. Hoje uma casa, amanhã outra e o Pacheco sempre com fartura de água. Após anos servindo aos fregueses e vizinhos, todos muito agradecidos, o mistério foi esclarecido: o vizinho inverteu a regra e havia feito a fossa no fundo da data, ao lado do poço do Pacheco.

Fonte: Museu Bacia do Paraná - UEM / Acervo Maringá Histórica

Compartilhe

Inscreva-se

* respeitamos nossos inscritos, não enviamos spam.

Inscreva-se

* respeitamos nossos inscritos, não enviamos spam.

Cookies: nós captamos dados por meio de formulários para melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade.