O rosto de Clodimar - 1967

1967

O túmulo de Clodimar Pedrosa Lô é o mais visitado do Cemitério Municipal de Maringá no Dia de Finados. 

Considerado um santo popular não reconhecido pela Igreja Católica, Lô foi torturado até a morte na madrugada de 24 de novembro de 1967. Nascido em 23 de janeiro de 1952, tinha 15 anos quando foi assassinado.

Como sua foto mais famosa é a que está em sua lápide, onde seu rosto aparece completamente desfigurado pelas sevícias praticadas pelos soldados Beneval Merêncio Bezerra e Manoel Gerson Maia, optamos por divulgar, neste dia emblemático, uma imagem de Clodimar Pedrosa Lô com vida, quando ainda estava cheio de sonhos a serem conquistados. 

É possível que essa imagem tenha sido feita meses antes de sua morte. 

Fonte: Contribuição de JC Cecílio / Acervo Maringá Histórica.

Compartilhe

Inscreva-se

* respeitamos nossos inscritos, não enviamos spam.

Inscreva-se

* respeitamos nossos inscritos, não enviamos spam.

Cookies: nós captamos dados por meio de formulários para melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade.