Catedral em construção - Década de 1960

1960

Para viabilizar a construção da grande obra arquitetônica da Catedral de Maringá, além do empenho de seu então Bispo Dom Jaime Luiz Coelho, diversas entidades e empresários se organizaram em uma Comissão Especial para essa finalidade. 

Para dar celeridade, por duas oportunidades o cargo de presidente dessa Comissão foi ocupado por prefeitos de Maringá, respectivamente: Dr. Luiz Moreira de Carvalho (1966-1969) e Adriano José Valente (1969-1971). Além disso, o Estado se fez presente com aporte de recursos. De 1957 a 1964, o Governo do Paraná contribuiu com CR$ 22.660,00 e a Prefeitura de Maringá com CR$ 4.000,00.


O registro ilustra as obras na segunda metade da década de 1960.

Bem como empresas locais, a edificação contou com o incentivo direto de grandes bancos de relevância nacional, alguns já extintos: Bradesco, Ginko, Brasul, Mercapaulo, Commercial, Bancial, Benka, entre outros. 

A Catedral de Maringá foi concluída em 1972 e sua inauguração ocorreu no ano seguinte, quando, simbolicamente, a antiga sede em madeira, ao lado da nova estrutura, começou a ser demolida.

Fonte: Acervo Maringá Histórica / Para além das paredes: a construção da Catedral de Maringá de Jonas Jorge da Silva / Revista - Maringá: os alicerces do futuro.

Compartilhe

Inscreva-se

* respeitamos nossos inscritos, não enviamos spam.

Inscreva-se

* respeitamos nossos inscritos, não enviamos spam.

Cookies: nós captamos dados por meio de formulários para melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade.