Máquina Santa Mônica

1950

Localizada na Avenida Mauá, n.º 2.055, e com capacidade de armazenamento diário de até duas mil arrobas de cereais, a Máquina Santa Mônica foi responsável pela movimentação de parte do mercado cafeeiro de Maringá.

De propriedade de Antônio Húngaro, que era proveniente de Santa Rita do Passa Quatro-SP, esta máquina era composta por um grupo misto de compradores de café, cereais e soja em alta escala, denominado Antônio Húngaro & Cia.


Antônio Húngaro, no detalhe

Na década de 1950, muitas máquinas de café trabalhavam nesse formato. Isto é, com grupos de empresários que se uniam para adquirir produtos em grandes quantidades. Para muitos investidores daquela época, esse foi um dos segredos de seu rápido enriquecimento.

Fonte: Revista Maringá Ilustrada - agosto de 1957 / Acervo Maringá Histórica.

Compartilhe

Inscreva-se

* respeitamos nossos inscritos, não enviamos spam.

Inscreva-se

* respeitamos nossos inscritos, não enviamos spam.

Cookies: nós captamos dados por meio de formulários para melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade.