25 de out. de 2020

Comissão pró-emancipação de Maringá - 1950

Em 1950, um grupo de empresários de Maringá foi organizado com o objetivo de desmembrar o então distrito de Mandaguari, elevando-o à categoria de município. Com aquela conquista, seria possível eleger prefeito e vereadores que buscariam por melhorias da cidade. 

Era uma demanda, até certo ponto, muito reclamada pelos investidores e moradores de Maringá. Seu crescimento demográfico e econômico provavam que não fazia mais sentido estar vinculada à Mandaguari. O prefeito daquele município, Décio Medeiros Pullin, sabia que se houvesse o desmembramento, perderia receita com arrecadação de tributos, território e número de eleitores. Por isso, envidou esforços para que a situação permanecesse como estava. 

Mas aquela comissão de empresários pró-emancipação de Maringá era integrada por pessoas bem articuladas e, alguns deles, ainda são pouco estudados na história da cidade. Estão na emblemática foto, da esquerda para a direita (em pé): Joaquim Romero Fontes, personagem não identificado, Antônio Fernandes Maciel, Francisco de Lucca e Esmeraldo Leandro. (Sentados) Henrique Pinto Pereira, Alberto Ribeiro Andrade (Galo Cego) e João Batista Cardoso.

Os personagens políticos de grande prestígio local não integraram aquela comissão. Mas certamente participaram dos debates e das articulações. Importante destacar que nenhum dos membros que a compôs concorreria em eleições de Maringá ao longo dos anos. 

Naquele contexto, os deputados estaduais Francisco Silveira da Rocha e Rivadavia Vargas realizaram visitas em diversas regiões do Paraná para conhecer a realidade de muitos distritos que teriam condições de serem emancipados. Assim, em 14 de novembro de 1951, a Lei Estadual nº 790 dispôs sobre a nova divisão administrativa do Paraná, propondo que os distritos que atendessem aos critérios mínimos, como número de eleitores, arrecadação de impostos, população etc., seriam elevados à município. 

Assim, Maringá, junto de diversas outras cidades, conquistaram sua emancipação política. Em 1952, a cidade realizaria a sua primeira eleição municipal. 

Fonte: Livro - Maringá, sua história sua gente - Antenor Sanches / Gerência de Patrimônio Histórico de Maringá / Acervo Maringá Histórica. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário