8 de mar. de 2020

Usina Diesel Elétrica de Maringá - 1959


Raríssimo registro do galpão onde funcionou a Usina Diesel Elétrica de Maringá, possivelmente, em 1959.

A partir de convênio com o Estado, em maio de 1953 a distribuição da energia elétrica começou a ganhar corpo em Maringá por meio de dois motores movidos a óleo cru. Contudo, com a intervenção do então prefeito Inocente Villanova Júnior, da Câmara Municipal e do Rotary Clube, a cidade adquiriu quatro motores a diesel importados da Suíça - que totalizaram dois mil cavalos de força.

A Usina Diesel Elétrica foi instalada na atual rua Quintino Bocaiúva (onde hoje funciona a Escola Estadual Santa Maria Goretti), com piscinas especiais para resfriamento dos motores geradores de energia. O galpão ainda está em pé, resistindo ao tempo. 

Um ano depois de sua inauguração, o projeto dessa usina foi levado para Curitiba e confinou na constituição da Companhia Paranaense de Energia, a COPEL. Segundo alguns pesquisadores, esse prédio é considerado o primeiro ativo da COPEL, sendo nele cravado o marco zero da energia elétrica da estatal.

O pioneiro José Ival de Souza dá seu depoimento sobre esse tema: "O Departamento de Água e Energia Elétrica, não sei se era esse o nome, muito depois, mais ou menos em 1958, repassou a distribuição da energia elétrica de Maringá para a COPEL. Os motores MAN, que lá existiam, foram trazidos da Alemanha depois que se tornarem obsoletos. Esses teriam sido usados pelo Governo Nazista para gerar energia durante a II Guerra Mundial."

Fonte: Foto Maringá - Foto de Kenji Ueta / Gerência de Patrimônio Histórico de Maringá / Acervo Maringá Histórica. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário