18 de abr de 2019

Centro Social Urbano Dep. Rivadávia Vargas - 1980


O Centro Social Urbano Deputado Rivadávia Vargas (CSU) começou a funcionar em junho de 1980. 

Localizado na rua Haiti, nº 808, na Vila Morangueira, o Jardim da Infância foi a primeira atividade do CSU a atender a comunidade daquela região. Na oportunidade foram ofertadas 100 vagas com prioridade para famílias em que os país trabalhassem fora de casa. 

Considerado um dos equipamentos mais bem estruturados do Paraná na época, o CSU passou a desenvolver atividades sociais, formativas, de saúde e recreativas. Suas obras foram avaliadas em 10,7 milhões de cruzeiros, sendo implantado em um terreno com quase 30 mil m². Tratou-se de uma parceria entre a Prefeitura Municipal e o Governo Federal. 

Eram cerca de 1.200 m² de área construída, complementado por piscinas, canchas esportivas, áreas de lazer e paisagismo. 

Até mesmo um slogan foi incorporado no projeto: "No CSU você mesmo melhora sua vida". 


Aliás, esse terreno fazia parte do complexo do Parque de Exposições que na época se chamava Emílio Garrastazu Médici. Como esse grande lote foi fruto de doação da Companhia Melhoramentos Norte do Paraná (CMNP) para a implantação do parque à Prefeitura, em tese não poderia ser utilizado para outra finalidade. Foram intensas negociações que envolveram os gestores municipais, a diretoria da Sociedade Rural de Maringá, recém fundada, e representantes da CMNP. Ao final, a área foi destacada do grande lote para a instalação do CSU. 

Fonte: Aqui Revista - Junho de 1980 / Contribuição de Luiz Carlos Altoé (Kaltoé) / Acervo Maringá Histórica. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário