17 de mar de 2019

Bucheiro em frente ao Grande Hotel Maringá - 1958


Raro registro de uma carroça de bucheiro em frente ao Grande Hotel Maringá, em 1958.

Sentado atrás do rapaz que aparece com o bastão em frente aos olhos está Adhemar Antonio de Oliveira. Seu pai, Heitor Antonio de Oliveira, era o bucheiro responsável por esse veículo. Ele era auxiliado pelos filhos nesse trabalho. 

O bucheiro era responsável por revender miúdos de boi e porco pela cidade. Para isso, utilizava-se de uma carroça especialmente preparada para essa finalidade. Sobre sua estrutura eram instaladas caixarias com compartimentos para o transporte das peças mais indesejadas pelos matadouros, as quais eram revendidas por menores preços aos bucheiros, que as revendiam por meio do tradicional comércio ambulante. 

Por conta disso, o termo "bucheiro" acabou se tornando sinônimo pejorativo para aquelas pessoas que não escolhiam o que comiam ou que usavam a comida como pretexto para beber álcool. 

Fonte: Contribuição de Marco Antonio Deprá e de Adhemar Antonio de Oliveira / Acervo Família Antonio de Oliveira / Acervo Maringá Histórica. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário