1 de jul de 2018

Edifício Maria Cristina e Centro Comercial Maringá - Década de 1960

Em 1966, a Imobiliária Hélio Moreira Ltda. lançou um ambicioso empreendimento no coração de Maringá. 

Funcionários trabalhando nas fundações do empreendimento, em fevereiro de 1966.

O Edifício Maria Cristina foi previsto para um grande terreno localizado lado da praça Raposo Tavares - área anteriormente ocupada pela primeira sede da Companhia de Terras Norte do Paraná no "Maringá Novo". Com mais de 15 mil m² que seriam construídos em apenas 3 anos, o projeto contava com 21 pavimentos, sendo 4 comerciais, 15 residenciais, 1 de garagem e 1 destinado para o lazer. 

O modelo de negócios híbrido, com ocupação comercial e residencial, não prosperou e o projeto foi reduzido, dando origem ao Centro Comercial Maringá. Incorporado pela Eimol S.A., empresa do Grupo Crefisul, e com vendas executadas pela Promove S/A, o empreendimento foi construído pela Enorpa - Engenharia e Construções Ltda, vindo a ser inaugurado na primeira metade dos anos 1970.

Projeto do Edifício Maria Cristina, elaborado por Hélio Moreira Júnior. Os 4 pavimentos comerciais foram os únicos a serem executados com a modificação do projeto original. 

O Centro Comercial Maringá foi um espaço muito movimentado ao longo das décadas de 1970 e 1980. Funcionaram ali diversos escritórios de advocacia, detetives particulares, consultórios médicos e odontológicos, além de diversas salas comerciais. Um dos primeiros cursinhos pré-vestibulares ocupou uma área nesse prédio, o Curso Aliança Universitária (CAU) que foi formado por professoras da UEM. 

O odontólogo Hélio Moreira Júnior era projetista empreendedor do ramo da construção civil. O nome do primeiro edifício sob sua responsabilidade foi dado em homenagem às três primeiras filhas: Três Marias. Localizado na avenida Getúlio Vargas, nº 266, foi concluído em 1964. Posteriormente, sua imobiliária concluiria o maior sucesso de vendas em 1968, o Edifício Maria Teresa

Fonte: Contribuição - Marco Antonio Deprá / Acervo Maringá Histórica / O Jornal de Maringá - 22 de fevereiro de 1966 e 14 de junho de 1966.

Nenhum comentário:

Postar um comentário