3 de set de 2017

Garagem e frota da Expresso Maringá - 1957



Bombas de combustíveis abastecidas pela Atlantic, na garagem da Expresso Maringá.

Localizada na então avenida das Indústrias (atual Bento Munhoz da Rocha Neto), eis raros registros da garagem e da frota da empresa Expresso Maringá Limitada, em 1957.

Essa empresa foi constituída em 1954 por Motoya Yoshimura e os irmãos Paulo Okamoto e Satira Okamoto. Inicialmente foram adquiridos quatro ônibus para fazer a linha Maringá-Cruzeiro do Oeste. Era pouco mais de 150 km de muita poeira e barro, que passava pela cidade de Cianorte. 

Em 1956, Campo Mourão foi inserida no intinerário, logo após a entrada da família Mariutti no negócio.

No ano seguinte, a empresa de transporte rodoviário já havia expandido sua malha de atendimento para as seguintes cidades: Altônia (patrimônio na época), Aparecida d'Oeste, Araruna, Bom Sucesso, Cafeeiro (patrimônio na época), Campina da Lagoa, Campo Mourão, Cascavel, Cianorte, Corbélia, Cruzeiro do Oeste, Dr. Camargo, Engenheiro Beltrão, Floriano, Floresta, Goioerê, Porto Guaíra, Icaraíma, Itambé, Ivailândia, Jussara, Lovat, Malú, Mamborê, Marabá (patrimônio na época), Mariluz, Paiçandu, Pensamento, Peabiru, Pérola, Pinhalão do Oeste, Pinhalzinho, Porto Vera Cruz, Quinta do Sol, São João (patrimônio na época), São Lourenço, Tapejara, Terra Boa, Tuneiras do Oeste, Ubiratã, Umuarama e Xambrê. 

Muitas dessas cidades tiveram seu nome alterado com o passar dos anos. 

Saiba mais sobre a Expresso Maringá clicando AQUI.

Fonte: Revista Isto é Maringá, 1957 / Gerência de Patrimônio Histórico / Acervo Maringá Histórica.

Nenhum comentário:

Postar um comentário