17 de set de 2017

A incógnita sobre o Portal

Eis o portal quando a ANPR (Associação Norte Paranaense de Reabilitação) estava instalada no local, em 1969.

Em novembro de 2009, o projeto Maringá Histórica levantou questões sobre esse ponto de nossa história, até então, desconhecido. 

O portal, localizado em frente do atual Instituto de Educação Estadual de Maringá na praça Vereador Malaquias de Abreu, já teve algumas finalidades: serviu como entrada para o então Parque Infantil da Zona 2 (equipamento aprovado pela Câmara Municipal por meio da Lei nº 31, com autoria do Vereador José Mário Hauare, de 13/11/1953), o qual foi construído pelo Rotary Clube de Maringá; depois, com a doação do equipamento do Rotary para a ANPR, que foi fundada em 1963 pelo Dr. José Carlos Dias de Toledo, o portal foi mantido como o portão da entidade (a ANPR funcionou no local até 14 de maio de 1982, quando inaugurou sua atual sede na rua Walter Kraiser, na Zona 08).

Luiz Otávio brinca no Parque Infantil da Zona 2, em 1955.

Registro da primeira metade dos anos 1950, durante alguma festividade do então Colégio Estadual Gastão Vidigal (hoje, Instituto de Educação Estadual de Maringá - IEEM). À esquerda, o portal surge como entrada do Parque Infantil da Zona 2. 

As dúvidas sobre essa estrutura permaneceram até recentemente. Em 2009, imaginávamos que ele teria sido construído na década de 1960. Contudo, o parceiro Marco Antonio Deprá trouxe esclarecimentos que nos ajudou a sanar a incógnita. 

Registro aéreo do início dos anos 1970, onde vemos a praça Vereador Malaquias de Abreu ocupada pela ANPR. O portal também aparece.

Portanto, chega-se à conclusão que, realmente, essa estrutura foi construída pelo Rotary Clube de Maringá ainda nos anos de 1950. E, mesmo com a revitalização do entorno da Catedral, promovida durante a segunda gestão de João Paulino, o portal segue resistindo ao tempo. 

Fonte: Contribuição de Marco Antonio Deprá / Acervo Maringá Histórica. 

2 comentários:

  1. Comecei a estudar no Gastão Vidigal em 1959 e o Portal já estava lá.

    ResponderExcluir