12 de jul de 2017

Uma análise temporal a partir do centro de Maringá - 1957


Interessante vista do centro de Maringá, possivelmente, no início de 1957.

A demarcação exata de fotos históricas da cidade é complexa devido a maioria das imagens não possuírem um registro que date, em caráter oficial, o momento em que foram produzidas. Quando dependemos da memória dos antigos moradores nem sempre as lembranças possuem a precisão almejada. 

Essa foto, por exemplo, está datada digitalmente como sendo de 1958. Contudo, isso não é possível pelo fato de a praça Raposo Tavares não ter sido ainda urbanizada com a fonte luminosa, a qual foi inaugurada em maio de 1957. Ao mesmo tempo, a movimentação ferroviária nos prova que a imagem é posterior a janeiro de 1954, quando a mesma iniciou as atividades. Os detalhes é que fazem a diferença nessa análise.

Nesse caso, para cravar que a mesma pode ser do início de 1957, destacamos o obelisco na avenida Brasil esquina com a Getúlio Vargas. Essa estrutura, financiada por algumas empresas locais e que tinha um relógio em seu topo, era uma espécie de auto homenagem ao prefeito recém empossado, Américo Dias Ferraz. Seria difícil isto ser erigido antes de Ferraz ter sido eleito, no final de 1956.

Fora a demarcação temporal, a foto aérea feita por Kenji Ueta traz alguns elementos interessantes da época, pouco aferidos no acervo imagético. É o caso do circo instalado em frente à Estação Ferroviária, no terreno posteriormente ocupado pela Rodoviária Municipal, além dos principais prédios e algumas das principais vias urbanas (Companhia Melhoramentos Norte do Paraná, Cine Maringá, Palace Hotel, avenidas Brasil, Getúlio Vargas, praças Raposo Tavares e Napoleão Moreira da Silva, entre outros).

Fonte: Foto Maringá / Foto - Kenji Ueta / Acervo Maringá Histórica. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário