5 de ago de 2011

Rua Jumbo, "Maringá Velho" - Início da década de 1950

Essa, até o momento, talvez seja a foto mais rara que já publicamos no blog.

O registro, feito no início da década de 1950, flagra uma das vias paralelas à Aveida Brasil, a então Rua Jumbo, atual Rua Dr. Lafayette da Costa Tourinho.

As crianças são (esquerda para direita): Rosnei Borges de Oliveira, Sônia Solange de Oliveira e Arnoldo de Oliveira Júnior. Das estruturas de madeira (direita para esquerda): Clínica do 1º dentista formado a chegar em Maringá - Dr. Arnoldo de Oliveira, pai das crianças (bem na lateral da imagem vemos o "De" de "Dentista"; a casa com um cidadão na porta me intrigou muito, apesar de ser a residência de Gregório Capstrano Sepulvida, seria a espécie de Sede do Partido Comunista; o Restaurante da Rodoviária, onde vemos o letreiro "Refeição a 1.500"; a 1º Rodoviária de Maringá, com grande movimentação de ônibus; a Avenida Brasil; por fim, um Bar e Hotel que se transformou no Hotel Catanduva da família Costa Curta. Esse empreendimento era comandado pela Dona Ana e Elvira, que não raro, cessavam as brigas nas redondezas.

O amigo Rosnei Borges de Oliveira dá sua contribuição - "(...) quando criança, meus irmãos e eu, além dos amigos, tínhamos medo da "Casa do Comunista", do Gregório. Na época, falavam que comunistas comiam crianças. Era muita gente que entrava e saia de lá. Muitos comunistas."

Fonte: Acervo Maringá Histórica / Contribuição - Dr. Rosnei Borges de Oliveira.

Nenhum comentário:

Postar um comentário