22 de dez de 2010

Visita do Príncipe Akihito e Princesa Michiko - 1978

Momento da partida no Aeroporto Gastão Vidigal.

No 70º aniversário da Imigração Japonesa no Brasil, a 20 de junho de 1978, o Príncipe Akihito (hoje Imperador) e a Princesa Michiko estiveram em uma visita oficial a Maringá. A agenda deles incluiu a inauguração do Jardim Japonês do Parque do Ingá e o lançamento da pedra fundamental da Associação Cultural e Esportiva de Maringá (ACEMA). Quem acompanhou os herdeiros do trono do Japão, além das autoridades locais e estaduais, foi o então presidente do Brasil Ernesto Geisel.

Antes de chegar a Maringá, o Princípe e a Princesa passaram por Brasília, São Paulo, Londrina e Rolândia.

Na tarde do dia 20 de junho, eles chegaram e foram direto para o Parque do Ingá, a fim de inaugurar o Jardim Japonês. Ao longo do caminho, diversos estudantes os recepcionaram com bandeiras do Japão e do Brasil. Na ocasião, 10 mil delas foram distribuídas. O casal pernoitou no Hotel Bandeirantes, o mais luxuoso da época. Tanto que um quarto foi especialmente elaborado para a ocasião.

Eis a Princesa Michiko e um ipê, ao fundo. Segundo informações da época, ela teria pedido para a comitiva parar em frente à Igreja São José da Vila Operária, onde a árvore fica localizada, para fazer um reverência. Contudo, recentemente, informações confrontam o dito. Ela não teria descido do carro e nem pedido para a comitiva parar.

No dia 21 de junho de 1978, ainda pela manhã, o casal partiu de volta ao Japão.

Fonte: Kenji Ueta / O Diário do Norte do Paraná / Acervo Maringá Histórica.

5 comentários:

  1. Ela parou sim, inclusive ha um marco comemorativo no local.
    Edson.

    ResponderExcluir
  2. Pois é Edson, existe o marco sim. Mas, recentemente, algumas pessoas falaram o contrário. O jornal O Diário fez uma matéria a respeito.

    ResponderExcluir
  3. Fernando, a foto dos príncipes do Japão referem-se à partida e não à chegada em Maringá. Tenho mais fotos deste registro em meu acervo não utilizado em minha dissertação de mestrado que poderei disponibilizar a você quando quiser, é só entrar em contato na PCU da UEM.

    Atenciosamente:
    Engº Renato César Marques, Ms.

    http://www.pge.uem.br/novo/teses/pdf/2005DissertaoAeroportoPGERenatoCsarMarques.pdf

    ResponderExcluir
  4. Houve um jantar para recepcioná-los no Clube Hípico de Maringá. O Coral Infantil Luzamor cantou Nemu no ki no Komoriuta, canção cuja letra foi escrita pela princesa na época em que cursava o segundo grau, a regência foi da professora e cantora Lírica Yaeko Miyamoto, acompanhado pelo Prof. Maestro pianista, Aniceto Matti, (autor juntamente com o poeta Ari de Lima do Hino à Maringá), emocionando assim o casal imperial japonês. Também um coral de Marialva participou do evento.

    ResponderExcluir