5 de dez de 2010

Falece Samuel Silveira

Hoje, na capital paulista, faleceu aos 91 anos um dos primeiros homens da imprensa de Maringá: Samuel Silveira. Ele foi responsável por transformar o sonho dos empresários José Medeiros da Silveira, Odwaldo Bueno Netto, Amadeu Vuolo e Átila de Souza Melo, em realidade: A Rádio Cultura de Maringá. Depois, já na década de 1970, Samuel também foi um dos articulistas para a implantação do O Diário do Norte do Paraná e da TV Cultura.

Tive o prazer de conversar com Samuel Silveira há uns dois meses. Por telefone, falamos sobre a constituição da Rádio Cultura. Ele relatou que eram tempos difícieis, mas não queria deixar o sonho terminar já na década de 1950. O plano era o seguinte, movimentar cade vez mais o auditório da Rádio, trazendo artistas de nível nacional. Foi neste local, que Frank Silva conheceu a então cantora Hebe Camargo. Além disso, diversos outros se apresentaram, como Tião Carreiro e Pardinho, por exemplo.

Samuel Silveira me pareceu bem de saúde, animado e com a voz grave de sempre. Comentei que gostaria que ele fosse agraciado com a Comenda Américo Marques Dias, da Associação Comercial e Empresarial de Maringá (ACIM). Mas, infelizmente, não deu tempo de articularmos a homenagem.

Aqui, uma raridade. O vídeo que mostra o evento de inauguração da TV Cultura de Maringá, ocorrido em 25 de setembro de 1974.



As personalidades presentes no vídeo são: Dom Jaime Luiz Coelho; Joaquim Dutra; Samuel Silveira; Silvio Barros (pai); Padre Sidney Zanettini; Jayme Canet Junior e Philemon de Assis Vieira.

O leitor Reginaldo Benedito Dias dá sua contribuição - Infelizmente, não cheguei a manter contato pessoal com ele, mas admirava a lenda. Perto dele e de alguns de seus contemporâneos, a
gente sempre fica com a impressão de que, por mais que façamos, será muito pouco.

Fonte: Acervo Maringá Histórica.

Nenhum comentário:

Postar um comentário