18 de out de 2010

Série: O quê? - Frigorífico Central

Esta estrutura ainda fica na Avenida Brasil esquina com a atual Rua Basílio Sautchuk (antes General Câmara).

O formato do prédio ainda é basicamente o mesmo. Hoje, no local, funciona a Pita Calçados. Mas, anteriormente, o que teria sido?

Salvo engano, foi uma Casa de Ferramentas.

------

O leitor José Flauzino dá a contribuição - (...) ali atendeu por muito tempo a Casa de Carne Central, ou Açougue Central.


O leitor Aloísio também deu a contribuição - De fato foi uma loja de ferragens, que era de um senhor de origem japonesa. Posteriormente, funcinou o Açougue Central, cujo início deu origem ao hoje falecido Frigorífico Luso Brasileiro Central. Os proprietários eram Joaquim Duarte Moleirinho e Joaquim Caetano. Não sei dizer se após a saída do açougue veio a loja de calçados.

O leitor Marco Antonio Deprá também lembra - Tratava-se da "Casa de Ferragens Irmãos Imai".

Fonte: Gerência de Patrimônio Histórico de Maringá / Acervo Maringá Histórica.

12 comentários:

  1. Não sei se foi para este fim, contudo ali atendeu por muito tempo a Casa de Carne Central, ou Açougue Central. Era uma forma do Frigorífico Central comercializar no varejo a sua produção.

    ResponderExcluir
  2. De fato foi uma loja de ferragens, que era de um senhor de origem japonesa. Posteriormente funcinou o Açougue Central, cujo início deu origem ao, hoje falecido, Frigorífico Luso Brasileiro Central. Os proprietários eram Joaquim Duarte Moleirinho e Joaquim Caetano.
    Não sei dizer se após a saída do açougue veio a loja de calçados.

    ResponderExcluir
  3. Caro Miguel,
    Tratava-se da "Casa de Ferragens Irmãos Imai".
    Abraços
    Deprá
    madepra@uol.com.br

    ResponderExcluir
  4. Olá Deprá, pois é, eu não me lembrava do nome, pois vi esta referência no livro do Edgar. Ele retratou o local de uma visão diferenciada.

    Obrigado.

    ResponderExcluir
  5. Caro Miguel,
    como essa casa comercial está intimamente ligada a história de minha família, se for de seu interesse, posso lhe disponibilizar a história e as datas reais.
    atenciosamente,
    Olga Moleirinho

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Prezada sra. Olga,boa tarde
      Gostaria muito da história de sua familia,fui morador e meus pais residem até hoje em Santo André,no Jardim Cambui, recordo que quando criança delirava com as carretas do Frigorifico Central- Ituiutaba, as Mercedes e ainda as festas que sr. Joaquim promovia a seus funcionários, na rua em que eu morava eram vários.Se puder enviar para o meu e mail agradeceria. gambera.alexandre@gmail.com

      Excluir
    2. Prezada sra. Olga,boa tarde
      Gostaria muito da história de sua familia,fui morador e meus pais residem até hoje em Santo André,no Jardim Cambui, recordo que quando criança delirava com as carretas do Frigorifico Central- Ituiutaba, as Mercedes e ainda as festas que sr. Joaquim promovia a seus funcionários, na rua em que eu morava eram vários.Se puder enviar para o meu e mail agradeceria. gambera.alexandre@gmail.com

      Excluir
  6. A melhor mortadela que existiu foi a do Frigorífico Central, nunca mais conheci outra que chegasse aos pés...

    José Andrade

    Curitiba

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo com você em gênero, número e grau!!! Nasci em Jacarezinho, mas fui criado em Maringá. Morei muitos anos na Vila Operária (São José Operário), na Avenida da Laguna, em frente ao Bosque , que hoje é chamado "Parque do Ingá". Minha casa ficava logo depois da esquina com a Avenida Riachuelo, bem em frente onde havia uma estrada boiadeira, por onde desciam as boiadas que iam até ao matadouro. Se não me engano, nessa época o Frigorífico Luso-Brasileiro Central Ltda funcionava lá, perto do matadouro, onde fabricavam essa mortadela maravilhosa, cujo sabor e textura jamais encontrei igual em lugar nenhum do Brasil!!! Na Avenida Brasil funcionava o açougue e frigorífico para as vendas no varejo,pelo menos é o que minha memória de 65 anos e 200 Kbytes se lembra...RSSSSSSS!!!!!!

      Excluir
  7. A melhor mortadela que existiu foi a do Frigorífico Central, nunca mais conheci outra que chegasse aos pés...

    José Andrade

    Curitiba

    ResponderExcluir
  8. Eu nasci em Maringá, gostaria de saber o que aconteceu com o Frigorífico Central, pois hoje moro em São Bernardo do Campo e eles tinham uma filial em Santo André. Obrigado

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Faliu...infelizmente...eu nasci e cresci nas casas que o frigorifico disponibilizava para os funcionarios...

      Excluir