10 de fev de 2010

Rádio Cultura de Maringá

Poucos sabem, mas a Rádio Cultura surgiu oficialmente em 16 de novembro de 1949. A empresa foi resultado do envolvimentos dos empresários José Medeiros da Silveira, Odwaldo Bueno Netto, Amadeu Vuolo e Átila de Souza Melo. Infelizmente, naquele momento, o grupo empresarial não conseguiu concretizar a transmissão por falta de estrutura. O contrato inicial foi quebrado em 19 de janeiro de 1950.

O radialista Samuel Silveira, profissional do rádio, adquiriu alguns equipamentos e um gerador em 1950. Assim, iniciou a reestruturação da Rádio Cultura. Um ano depois, a 15 de junho, esta Rádio fez sua primeira transmissão.

Quem ficou responsável pela montagem e manutenção da Rádio foi o conhecido Francisco Dias Rocamora. Ele foi quem disse as palavras da primeira transmissão "Senhores, Senhoras, esta é a ZYS-23, Rádio Cultura de Maringá, em 1520 kHz, inaugurando as atividades". Rocamora também foi locutor esportivo.

A primeira instalação ficava na Avenida Herval em um quarto de madeira com 36 m quadrados. A antena, neste período, ficava no interior da atual Universidade Estadual de Maringá.

Devido a falta de energia elétrica, a Rádio Cultura instalou ao longo da Avenida Brasil alto falantes, trecho que as pessoas sentavam para ouvir. Os programas eram 100% ao vivo, isso atraía ainda mais o público. Dos primeiros locutores: Aloysio Raphael Barros
(Barrinhos), Dirceu Fernandes de Souza e Thomás de Aquino Negreiro.

Em 1953 a Rádio Cultura construiu um auditório para abrigar um número considerável de espectadores., além ampliar sua estrutura Um dos programas de auditório mais famosos foi o "Clube do Caçula".

Com a energia elétrica, por meio do Telex, as notícias nacionais passaram a fazer parte do quadro informativo dos jornais da Rádio Cultura de Maringá.

No palco do auditório da Rádio Cultura, Ivens Lagoano Pacheto entrega uma máquina de custura para duas sorteadas.

Instalações da Rádio em 1964.
-----------

Atualmente a Rádio Cultura AM pertence ao Grupo O Diário do Norte do Paraná.

Fonte: Acervo Rádio Cultura / Acervo Maringá Histórica / DPH - Secretaria Municial de Cultura de Maringá / A história do Rádio em Maringá - Dra. Ana Paula Machado Velho

2 comentários:

  1. O nome correto do Barrinhos, um dos primeiros locutores da rádio cultura, é Aloysio Raphael Barros. Ele é pai do Alexandre Barros e do Marcos Barros, da Rádio Maringá FM e hj reside em Nova Esperança.

    ResponderExcluir
  2. Wagner Roberto18/10/2010 09:48

    Meu nome é Wagner Roberto BATISTA FRANCOTTI, filho do JOÃO BATISTA FRANCOTTI, radialista em Maringá por um bom tempo, nasci em 1956...no local aonde ficou um bom tempo a PRODOSCIMO..depois mudamos para Paranavai e retornamos a Maringá aonde fomos morar no "transmissor" da Rádio Cultura..acho q lá pelos anos de 65/68, q ficava atras de uma rodovia..tenho fotos irei enviar..um abraço

    ResponderExcluir