3 de fev de 2010

Casas Pernambucanas - Maringá Velho

Pouca gente comenta, mas a Casas Pernambucanas em Maringá, além da Sede na Avenida Brasil esquina com a Avenida Duque de Caxias, inaugurou sua filial em 1956 na Avenida Brasil no Maringá Velho.

Fonte: Livro 100 anos Pernambucanas - Com a família brasileira.

8 comentários:

  1. Valeu a dica, Miguel!
    Eu procurava uma imagem desta há muito tempo, nunca encontrei do site da empresa.

    Ficava em frente minha casa, do outro lado da Avenida Btrasil, ao lado do Hotel Nsa. de Fátima (hoje Hotel Fátima) altura do número 5600. Vendiä "fazendas" (mesmo que tecidos) onde ia com minha mãe fazer compras nos anos 60 e 70 - as roupas eram quase sempre confeccionadas por costureiras do bairro.
    Vendia também "roupas feitas e aviamentos de costura". Memórias de infância!!!!. E mais... os vendedores eram "experts" com a tesoura e "metro de madeira", com o timbre das "Casas Pernambucanas, onde todos compram!"

    ResponderExcluir
  2. Tem mais uma: Você sabia?

    Dizia-se que toda cidade do país tinha uma praça central, uma igreja e com certeza uma loja de Casas Pernambucanas.
    Foi em razão deste grande número de lojas que o CNPJ, antigo CGC, ganhou mais um dígito após a barra .
    Pois quando perto de inaugurar uma de suas lojas, pelo interior do país, sem Outdoors para expor cartazes, ou mesmo local para afixar avisos da inauguração, a equipe das lojas saía pintando cercas de fazendas, porteiras , com a mensagem "Em breve, no centro de XXXXXXXXXX , nova loja de Casas Pernambucanas ".

    Abraços!

    ResponderExcluir
  3. Valew JC. Essa eu não sabia hein!

    ResponderExcluir
  4. Mais...

    Recebi um exemplar do livro, por cortesia da matriz das Casas Pernambucanas - Departamento de Memória, em São Paulo. Retirarei após o carnaval, to muito curioso.

    ResponderExcluir
  5. Já peguei meu exemplar do livro, muito legal por sinal.

    Aparecem as lojas do Maringá Velho e do Maringá Novo! página 111 e 146.

    abraço!

    ResponderExcluir
  6. No incio da década de 70 meu sonho era trabalhar de pacoteiro nas Casas Pernambucanas, sempre tinham dois meninos trabalhando de camisa social e gravata fazendo pacotes, isso me deixava com vontade de ser um funcionário.

    ResponderExcluir
  7. Esta foto não pode ser do Maringá Velho. Quem levantou a dúvida foi o Marco A. Deprá e eu concordo com ele. Primeiro, tem portas demais e as casas vizinhas não são estas que aparecem ai. Veja o Edifício Langowsk, ele era colado nas Pernambucanas (lado esquerdo) e não aparece ai. Vale a pena pesquisar sobre isso. Abraço. JC

    ResponderExcluir
  8. Acho que esta é a loja de Campo Mourão, em meados da década de 1960. Vamos checar.

    ResponderExcluir