14 de out de 2009

Pioneiro: Herbert Mayer

Nasceu na Alemanha. Formou-se em Administração de Empresas na própria Alemanha e posteriormente, Hotelaria na Suíça.

Veio para o Brasil em 1936 (data não documentada) passando a morar em São Paulo, Rolândia e por último Mandaguari, onde fundou o Restaurante Lord Lovat. Transferiu o Empreendimento Gastronômico para Maringá.

Dizem que foi o melhor Restaurante que Maringá já teve, que apesar da poeira e lama, interiormente sempre estava impecável, com taças e pratas brilhando.

Herbert também foi Gerente do Grande Hotel Maringá (acredito ter sido o primeiro) até 1962 aproximadamente. Nessa época existem alguns detalhes não esclarecidos, pois segundo pesquisei, ele teria sido demitido do Hotel por questões não reveladas. Além de tudo, não estava em um bom momento da vida pessoal.

Na década de 1960 foi contrato como primeiro secretário da Associação Comercial. Foi efetivado no cargo em 1 de fevereiro de 1965. Mas provavelmente pode ter trabalhado um determinado período sem registro.

Em 1976 se desligou da ACIM e faleceu no ano seguinte. A Associação prestou uma homenagem póstuma, nomeando seu Auditório da antiga sede (Rua Néo Alves Martins) com o nome do pioneiro alemão.

Fonte: Pesquisa Maringá Histórica / Livro de Registro de Empregados da ACIM de 1964

3 comentários:

  1. Minha mãe trabalhou no Grande Hotel Maringá como camareira de 01/08/1956 a 18/09/1959. Sei disto, pois olhei sua CTPS e, acredite, a assinatura de quem assinou a sua carteira é muito semelhante a esta neste registro de empregados, ou seja, quem assinou foi o Herbert. Minha mãe vive ainda e tem uma vaga lembrança deste alemão.

    ResponderExcluir
  2. Grande Miguel, agradeço a publicação sobre meu pai. Como lhe disse antes, disponho documentos que obtive junto aos arquivos nacional e da policia federal que podem precisar datas e fatos. A sua disposição fone 8408-0726
    Herbert de P. Mayer

    ResponderExcluir
  3. Quando fiz a série de entrevistas com o presidentes da ACIM, Hebert Mayer foi um dos mais citados e elogiados pelos presidentes da entidade. Ele tem uma passagem importante no Rotary Club, se não me engano o Rotary Maringá.
    Na própria ACIM existe um grande número de documentos e depoimentos sobre Mayer. Ele teve dois casamentos, o segundo foi com uma enfermeira. A separação lhe gerou problemas sociais e rompimento com filhos da primeira esposa. Mas é preciso conferir estes dados.
    Um grande abraço e parabéns pelo trabalho que vem desenvolvendo.

    ResponderExcluir