26 de abr. de 2020

Cine Primor - Final dos anos 1940


Registro da avenida Brasil no "Maringá Velho", provavelmente, no final da década de 1940.

À direita, com alto-falantes em seu cume, aparece o Cine Primor. Inaugurado em 1947, era de propriedade de José Jorge Abrão.

Antes de se tornar cinema o local deu espaço a uma casa comercial. Assim, houve a necessidade de uma reforma com ampla reestruturação no prédio antes de se transformar no empreendimento do ramo do audiovisual. 

As sessões eram realizadas duas vezes por semana, aos sábados e domingos. A programação ficava sob a responsabilidade de uma empresa cinematográfica de Botucatu, no interior paulista, que despachava as películas em ônibus da Viação Garcia.

O operador dos filmes era Fausto José Jorge, conhecido como Jamil. Alto-falantes instalados do lado externo do cinema anunciavam a programação do dia.

Com constantes prejuízos, a família de José Jorge Abrão arrendou aquele negócio para o farmacêutico Orozimbo Goulart, pelo prazo de um ano. Não alcançando as expectativas, Orozimbo declinou o arrendamento e devolveu-o para os Abrão.

Após ficar aproximadamente três meses fechado, depois de uma pequena reforma, o Cine Primor seria reinaugurado no dia 2 de novembro de 1949. Contudo, o cinema foi consumido por um incêndio que destruiu praticamente todo o quarteirão onde estava instalado. 

Fonte: Contribuição de Sandra M. Jorge Fratoni / Acervo Família Jorge / Acervo Maringá Histórica. 

Um comentário: