18 de mar. de 2020

Pioneiro: Dr. Maurílio de Oliveira

Maurílio de Oliveira nasceu no dia 13 de novembro de 1924 em Jaboti, na época distrito do município de Tomazina, no Norte Velho do Paraná. 

Na infância morou na localidade de Japira, próximo de sua terra natal. Aos 15 anos já trabalhava como balconista na farmácia do primo, onde encontrou inspiração para atuar na área da saúde.

Em 1944, Maurílio decidiu se mudar para Curitiba a fim de continuar os estudos. Cinco anos depois, iniciou o curso de medicina na Universidade Federal do Paraná, vindo a se formar em 1954.

Atuou como médico em Uraí, cidade paranaense onde conheceu Terezinha, com quem se casou em 1956. O casal teve quatro filhos.

Em 1958, Maurílio adquiriu um hospital na cidade de Paraíso do Norte, também no Paraná. No início da década de 1960, vendeu esse empreendimento e passou a fazer estágios no Rio de Janeiro e Curitiba. Mudou-se para Maringá no ano de 1963.

Em sociedade com o médico Itizo Nishimura comprou o Pronto Socorro Infantil São Lucas, então instalado em uma casa de madeira na avenida Paraná, nº 504. Pouco tempo depois, os sócios construíram um novo prédio na rua Néo Alves Martins, nº 3.190, onde instalaram o Hospital e Pronto Socorro Infantil São Lucas, com 25 leitos.


Preocupado com questões sociais, Maurílio de Oliveira trabalhou como voluntário na Santa Casa de Maringá. Em 1988, especializou-se em alergologia, após estágio no Rio de Janeiro.

O Hospital São Lucas encerrou as atividades em 1992, e suas instalações foram alugadas para a Prefeitura que instalou no local a Secretaria Municipal de Saúde.

Maurílio de Oliveira então passou a atender em sua antiga residência, na rua Luiz Gama, nº 354, junto de seu genro, o médico Sérgio Tadeu Bersani.

Em 2004, Maurílio foi homenageado pelo Conselho Regional de Medicina do Paraná por boas práticas da medicina ao longo de seus 50 anos de experiência profissional.

Maurílio de Oliveira sofreu AVC em 27 de agosto de 2011, afastando-o definitivamente das atividades médicas. 

Sua morte ocorreu em 16 de março de 2020. 

Fonte: Texto e contribuição de Marco Antonio Deprá / Acervo Maringá Histórica / Com informações da Revista ZAZ - Novembro e dezembro de 2014.

Nenhum comentário:

Postar um comentário