1 de jun de 2015

Antes da Praça Deputado Renato Celidônio - Década de 1970

A atual Praça Deputado Renato Celidônio (ou Centro de Convivência), com seu típico calçamento e luminárias, localizada ao lado da Prefeitura Municipal de Maringá e em frente do Hotel Bandeirantes, nem sempre foi como a conhecemos. 

A maior praça de Maringá é resultado da junção de outras duas praças, ocorrida em 1987: a Praça Dom Pedro II, localizada mais próxima da Catedral (veja outra imagem dela AQUI); e a Praça Desembargador Franco Pereira Costa, onde hoje encontra-se o Obelisco. Na imagem acima, do final da década de 1970, vemos um raro registro deste local antes da junção e respectiva reurbanização. 

Quem foi Renato Celidônio? Ele foi um personagem de grande popularidade que foi eleito por duas oportunidades como Deputado Federal (1962, pelo PTB; e 1966 pelo MDB); foi membro do extinto Instituto Brasileiro do Café; ao lado do então prefeito Américo Dias Ferraz, foi um dos fomentadores do Festival Nacional de Cinema de Maringá, em 1958; tornou-se presidente de honra do Sindicato Rural de Maringá em 1962; em 1969, devido ao Ato Institucional nº 5, acabou sendo cassado; Renato Celidônio morreu na década de 1980, devido a um infarto; ele foi homenageado pela Câmara Federal postumamente em 2012, quando foi "reempossado" no cargo de deputado, junto de mais 172 parlamentares. 

Fonte: Gerência de Patrimônio Histórico de Maringá / Acervo Maringá Histórica.

2 comentários:

  1. Lembro-me, na parte da praça mais defronte ao Grande Hotel e à Catedral, os jovens, após a saída do cine Maringá, ficavam circulando sem parar, procurando garotas (ou garotos) e mostrando suas (pretensas) belezas. Naquele "desfilódromo" provavelmente vários casais de hoje formaram-se.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Morei na região de Maringá de 1960 a 1969, em Paiçandu era a mesma coisa na praça, jovens circulavam, era tanta gente que a gente esfregava o braço nos braços das mocinhas, já era uma grande coisa esse contato!

      Excluir