7 de fev de 2012

Avenida Beckman

A então Avenida Beckman, atual Avenida Juscelino Kubitschek, possivelmente na década de 1960. À direita, o atual Parque do Ingá.

Antigos moradores comentam que esse era um dos trechos mais perigosos da cidade para se trafegar, principalmente, durante a noite. Não raro, jornais da época relatavam que a ponte, que aparece ao fundo da imagem e que transpunha o Córrego Moscados, era ponto de assassinatos e desovas de corpos.

O leitor e amigo Marco Antonio Deprá dá mais informações - Na verdade, o nome anterior da via que margeia o lado sul da Zona 2 é Avenida Beckman, provavelmente em homenagem ao lisboeta Manuel Beckman, senhor de engenho de São Luís do Maranhão que liderou a Revolta de Beckman contra o monopólio português de escravos e gêneros alimentícios. Ele foi preso, julgado e condenado à morte. Foi enforcado em 02.11.1685. Diversos historiadores o consideram um prómartir da independência do Brasil, muito antes da figura de Tiradentes.

Fonte: Acervo Ângelo Planas / Acervo Maringá Histórica.

2 comentários:

  1. Caro Miguel,

    Na verdade, o nome anterior da via que margeia o lado sul da Zona 2 é Avenida Beckman, provavelmente em homenagem ao lisboeta Manuel Beckman, senhor de engenho de São Luís do Maranhão que liderou a Revolta de Beckman contra o monopólio português de escravos e gêneros alimentícios. Ele foi preso, julgado e condenado à morte. Foi enforcado em 02.11.1685.

    Diversos historiadores o consideram um prómartir da independência do Brasil, muito antes da figura de Tiradentes.

    Abraços

    Marco Antonio Deprá
    madepra@uol.com.br

    ResponderExcluir