27 de set de 2010

Residência de Haroldo Leon Peres

Está é a residência de Haroldo Leon Peres. Ficava situada na Avenida Herval esquina com a Rua Arthur Thomas.

Haroldo foi bancário, advogado e político. Na vida pública, foi eleito deputado estadual, por duas oportunidades, e deputado federal. Devido a sua oratória e articulações, foi indicato, por vias indiretas, como Governador do Paraná, sendo empossado em 15/03/1971.

Disse no seu discurso, naquele dia: "Governo é aproximação, diálogo, governo é soma, é entrosamento, é solidariedade, é participação. Buscarei o alcance da justiça, sob a tutela da lei, tanto aos pequenos e desavisados que a transgridem, quanto, e sobretudo, aos poderosos e ou detentores da autoridade pública que, por essa condição, têm obrigação de não atentar contra os interesses juridicamente protegidos do povo ou do Estado".

Haroldo em sua festa de aniversário - 1957

Após sete meses a frente do estado, Leon Peres pediu exoneração. Depois do fato, dedicou-se ao magistério superior e à advocacia. Faleceu no dia 16 de setembro de 1992 em Maringá.

O leitor Reginaldo Benedito Dias dá a sua contribuição - O escândalo que o levou a este gesto extremo ainda hoje é mal explicado. Pode-se dizer que, envolvido em um escândalo de corrupção, acusado de pedir propina ao empreiteiro Cecílio do Rego Almeida, foi forçado a renunciar. Entretanto, é justo que se registre a versão dele. Ele alega que nunca foi formalmente acusado, julgado ou condenado. Dizia que só renunciou porque havia sido indicado pelo Presidente, do qual perdeu a confiança. se tivesse sido eleito, teria resistido e defendido seu cargo.

Fonte: Museu do CESUMAR / Acervo Maringá Histórica.

Um comentário:

  1. Sem dúvida nenhuma esta é uma história muito mal contada,espero que um dia a verdade venyha a tona

    ResponderExcluir