6 de set de 2010

Praça Raposo Tavares - Início da década de 1970

Eis a Praça Raposo Tavares nos idos da década de 1980. Ao centro dela, o que sobrou da Fonte Luminosa inaugurada a 10 de maio de 1957. O espelho d´água logo foi retirado do local.

Fonte: Gerência de Patrimônio Histórico de Maringá / Acervo Maringá Histórica.

7 comentários:

  1. Fernando:

    A data está correta? Década de 1980? A foto parece ser mais antiga.

    Abraço.

    ResponderExcluir
  2. Não posso lhe garantir Osvaldo, é a base que tenho na foto. Mas pode ser mais antiga, contudo, como disse, não posso garantir.

    Até pensei em ser mais antiga também, devido as estruturas da Catedral, indicando-nos a fase final de sua construção (1972). Mas penso que a esturtura pode ser referente a uma pequena reforma ocorrida na década de 1980.

    Fica a dúvida.

    ResponderExcluir
  3. Caro Miguel,

    A foto e os fatos!

    Esta foto deve ter sido tirada em dezembro/1971.

    Vamos aos fatos:

    a)A Praça Raposo Tavares foi revitalizada durante a gestão do Prefeito Adriano José Valente (01.02.1969 a 31.01.1973);

    b)Durante as obras de revitalização, a Fonte Luminosa, construída durante a Gestão do Prefeito Américo Dias Ferraz (15.12.1956 a 14.12.1960), foi demolida. Ficou apenas o espelho d´água, repaginado;

    c)Na foto, o super-poste da esquina da Avenida Brasil com a Avenida Getúlio Vargas está decorado. Creio que seja uma decoração de natal;

    d)Na foto, ainda, aparece a Catedral em fase final de construção. Aparecem os últimos andaimes . Ela seria inaugurada em maio/1972;

    e)Por fim, no dia 11.05.1975, o Prefeito Silvio Magalhães Barros (o pai), inaugurou a segunda revitalização da Praça Raposo Tavares. A obra eliminou o espelho d´água e, em seu lugar, construiu a Templo Aberto, existente até nossos dias.

    f)Portanto, esta foto deve ter sido tirada em dezembro/1971.

    Abraços

    Marco Antonio Deprá
    madepra@uol.com.br

    ResponderExcluir
  4. Como imaginamos mesmo.

    Obrigado Deprá.

    ResponderExcluir
  5. De tudo isto, resta-se a memória dos que vivenciaram a época e a memória fotográfica. Maringá na sua imensa beleza, possui um IMENSO DEFEITO: não preserva sua arquitetura histórica, inúmeros casos podem ser relatados, entre os quais o chafariz do peladão e agora, finalmente,a destruição da Rodoviária Velha. "Bem Vindos a Maringá-Cidade sem Memória"

    ResponderExcluir
  6. Miguel você sabe prq tiraram as fontes das praças até a da catedral ta sem agua e a que tinha dentro da prefeitura ta seca, prq será?

    ResponderExcluir
  7. Ao anônimo acima, não posso lhe informar com precisão, mas provavelmente seja por causa da incidência da Dengue. Além do que, a falta de manutenção adequada.

    ResponderExcluir